Dizem por aí que futebol "não é apenas futebol", e que a paixão ultrapassa as quatro linhas. Isso não é nenhuma mentira e Thiago Coutinho, mais conhecido como Goleiro Montanha , está aí para provar isso com o "Desafio dos três pênaltis ".

Leia também: 38% dos jogadores de futebol têm sintomas de depressão e ansiedade

Goleiro Montanha
Reprodução/Instagram
Goleiro Montanha


Goleiro amador, Thiago gravava, por diversão, vídeos de chute a gol com um colega, que acabou criando um canal no YouTube apenas para registrar as brincadeiras, mas acabou seguindo outro rumo.

"Um dia eu tive uma ideia: 'E se a gente chamasse pessoas para chutar em mim e gravar?', então inventei os pênaltis". Antes Montanha fazia um esquema de "melhor de três" com amigos, mas depois resolveu mudar para o "Desafio dos três pênaltis", onde o prefeito da sua cidade, Lins, acabou entrando na brincadeira.

Leia também: Torcedores do Atlético-GO protestam contra chegada do goleiro Jean


Em 2017, um ano depois do projeto começar, Montanha aproveitou a ida da Globo para a cidade para tentar ficar ainda mais conhecido. Dito e feito: Ivan Moré e Caio Ribeiro participaram do desafio e o "Desafio dos três pênaltis" ficou mais conhecido. "Depois desses disso apareci na Globo, Band, SBT no interior e parei no 'Programa do Ratinho'", contou ele.

Conforme seu projeto foi crescendo, Thiago decidiu apostar cestas básicas com seus convidados mais famosos para doar para pessoas carentes. Entre eles, participaram o Craque Neto, Rogério Ceni, Chicão e até Falcão.

Depressão

Na vida de Thiago, o desafio vai muito além do que tentar defender três pênaltis. Ele sofre de depressão e já tentou tirar a próprima vida, mas viu em seu projeto um ânimo. "Desafio me motivou a querer viver. Eu acredito que a melhor maneira da gente se superar é se a gente se alto motivar a fazer aquilo que mais amamos, eu amo futebol e o 'Desafio dos três pênaltis' é o que me une ao que eu amo", contou.

Ele conta que, se não fosse o desafio, teria tentado tirar a vida novamente. "E teria sucesso", afirma. "Não vou negar que ainda sou um bomba que pode explodir. A depressão sempre volta", explica. "Quando penso coisas ruins, eu lembro de tudo que fiz, onde cheguei e imagino onde eu posso chegar".

Sonhando alto

Atualmente, Montanha faz seu desafio nos intervalos dos jogos do Linense. O clube escolhe alguns tercedores para cobrarem pênalti no goleiro e, quem acertar os três, ganha uma camisa do time.

Leia também:  Mãe de Eliza Samúdio reprova ideia de série da Globo: "Não fui procurada"

Mas Thiago tem um outro objetivo. "Queria um dia fazer isso na arena do Timão", contou ele, que, é claro, torce para o Corinthians. Mas, o mais importante mesmo para o goleiro é ver a alegria de cada pessoa que participa do desafio, seja em Lins ou no Itaquerão.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais