Lance

A Globo irá produzir uma série sobre o assassinato da modelo Eliza Samúdio, que foi executada pelo goleiro Bruno Fernandes e por seus comparsas, sendo baseada no livro 'Imperdoável', que conta com detalhes como tudo aconteceu. Mas a ideia não foi bem recebida por todo mundo.  

Leia também: Goleiro Bruno deve fechar com clube do Mato Grosso por salário de até R$ 6 mil

Eliza Samúdio
undefined
Eliza Samúdio


Em entrevista ao 'UOL', a mãe de Eliza Samúdio , Sônia de Fátima reprovou a ideia da produção que irá contar toda a história entre a vítima e o autor do crime. Segundo Sônia, se dependesse dela, a ideia não sairia do papel.

Leia também: Jornalista questiona volta do goleiro Bruno: "Feminicida na posição de ídolo?"

- Por mim, essa série não sairia. Eu não fui procurada até agora, assim como não fui procurada quando foi escrito o livro no qual a série vai se basear -, afirmou.

Segundo Sônia, o maior problema da série é com o neto, Bruninho, filho de Eliza com o goleiro Bruno.

- É como se a gente não pudesse seguir em frente, enquanto o Bruno pode. Ele passa Natal e Ano Novo com a família. Em fevereiro, seria aniversário da Eliza, e o Bruninho não vai poder nem mesmo ir até o cemitério colocar flores para a mãe. É justo? -, finalizou.

Leia também: Goleiro Bruno agradece carinho de torcedores do Flamengo: 'Muito feliz'

A ideia da produção da série foi da atriz Vanessa Giácomo e será dirigida por Amora Mautner. A série ainda está em estágio inicial e não tem data ou elenco definidos.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais