Tamanho do texto

Após ano conturbado, craque brasileiro entra em 2020 com expectativa de conquistar títulos pelo Paris Saint-Germain e pela seleção brasileira

Neymar vive expectativa por títulos em 2020 arrow-options
PSG - Paris Saint-Germain/Divulgação
Neymar vive expectativa por títulos em 2020

O ano de 2020 mal começou e os grandes jogadores do futebol mundial já vivem a expectativa pelos títulos e objetivos que podem alcançar nas competições que estão por vir. E com Neymar não é diferente. Em ano de Copa América com a seleção brasileira e nas oitavas de final da Champions League pelo PSG, o craque brasileiro fez uma projeção sobre os desafios que se aproximam e também aproveitou para fazer um balanço sobre o conturbado ano que viveu em 2019.

Leia também: Gabriel Jesus supera Neymar como brasileiro mais valioso do mundo; veja lista

“2019 foi um ano muito difícil para mim em todos os sentidos, tanto profissional quanto pessoalmente. Foi um ano de aprendizado, de muitas reviravoltas. Acabei me machucando e tive que voltar a me reerguer novamente. Depois, acabei me machucando novamente. Então, foi um ano de superação, de reviravoltas. Mesmo que possa ter parecido ruim, foi um ano de muito aprendizado, de muita experiência. Que 2020 seja melhor”, disse Neymar durante o lançamento de um torneio de futebol amador, o “Red Bull Neymar Jr’s Five”.

O camisa 10 do PSG analisou com otimismo o caminho de sua equipe rumo a um possível título da Champions League, torneio que o clube parisiense nunca venceu.

“Em questão de elenco, desde que estou aqui, é o ano em que estamos mais preparados, mais fortes em todos os sentidos. Temos chances, sim (de título). Por mais que o Paris nunca tenha vencido a Champions League , a gente vai brigar por tudo. Sabemos da nossa qualidade, do nosso elenco e esperamos, obviamente, que no final de tudo possamos estar lá na decisão”, afirmou o craque brasileiro.

Além de buscar títulos com o PSG, Neymar também disse que espera conquistar mais um troféu pela seleção canarinho: “Minha maior expectativa é vencer tudo o que eu puder com o Paris e com a seleção brasileira . Buscar novos desafios, chegar à final da Champions League, vencer a Copa América novamente. Então, são esses desafios que eu pretendo conseguir em 2020”.

Leia também: "Férias são feitas para aproveitar", diz técnico do PSG sobre festas de Neymar

O jogador também aproveitou para falar um pouco sobre os compatriotas Rodrygo e Vinicius Jr, que chegaram recentemente ao Real Madrid, clube rival de Neymar na época de Barcelona. Para o camisa 10 do PSG, a cobrança sobre os jovens jogadores brasileiros é muito grande, mas acredita que aos poucos eles irão demonstrar uma evolução natural.

“Eles estão há pouco tempo, vão criar experiência, amadurecer um pouco mais e vão ser muito melhores do que são agora. No Brasil, a galera é um pouco apressada. Querem que eles resolvam logo, que eles arrebentem com todos os campeonatos. A adaptação é difícil. É difícil chegar jogando em alto nível em um clube como Real Madrid e Barcelona, além de outros. Mas, os dois estão surpreendendo”, concluiu Neymar .