Tamanho do texto

Empresa de energéticos promete investir pesado no Bragantino, que agora passa a se chamar Red Bull Bragantino

Bragantino foi campeão da Série B 2019 arrow-options
Divulgação
Bragantino foi campeão da Série B 2019

Neste dia 1º de janeiro de 2020, o Bragantino passou a se chamar, oficialmente, Red Bull Bragantino , resultado de uma parceria da empresa austríaca de bebidas energéticas com o clube do interior paulista.

Leia também: Red Bull promete injetar R$ 200 milhões no Bragantino visando título da Série A

A fusão já rendeu o acesso do time à Série A do Brasileirão deste ano, com a conquista do título da Série B de 2019.

Nesta quarta-feira, o clube apresentou o novo escudo oficial pelas redes sociais – o emblema tem o mesmo padrão dos outros times da Red Bull no mundo, mas com o nome original do clube que foi comprado.

Novo escudo do Red Bull Bragantino arrow-options
Divulgação
Novo escudo do Red Bull Bragantino

As tradicionais cores branca e preta do Braga, porém, foram abandonadas.

Vale destacar que a Red Bull tem times na Alemanha (RB Leipzig), Áustria (RB Salzburg) e Estados Unidos (New York Red Bulls).

Até o momento, o Red Bull Bragantino já anunciou dois reforços: o atacante Alerrandro, revelado no Atlético-MG e um dos destaques no Estadual do ano passado; e o zagueiro equatoriano Leo Realpe, campeão da Copa Sul-Americana com o Independiente del Valle. Ambos assinaram contratos até o final de 2024.

O meia-atacante Artur, do Palmeiras e que estava no Bahia, além do volante Matheus Jesus, do Corinthians, devem ser confirmados em breve. O zagueiro Walce, do São Paulo, é outro que está na mira.

E a meta é ambiciosa para este ano. A promessa da empresa é de injetar mais R$ 200 milhões no clube e colocar em prática a mesma filosofia de trabalho dos clubes dos outros países: apostar forte na formação e também contratar jovens promissores do próprio futebol brasileiro, de olho em transferências milionárias no futuro recente.

Na visão da empresa, o Red Bull Bragantino vai bater de frente com os grandes do país nas próximas temporadas. A intenção é buscar o título da Série A do Brasileirão dentro de um período de cinco anos e, consequentemente, tentar fazer bonito na Libertadores.