Tamanho do texto

Em livestream transmitida no Instagram, zagueiro gerou polêmica; assessoria do jogador diz que não passou de uma brincadeira entre os atletas

Vitinho%2C Thuler%2C Dener e Lincoln arrow-options
Reprodução Twitter / Flamengo
Vitinho, Thuler, Dener e Lincoln

De férias após o fim da temporada do futebol brasileiro, o zagueiro Matheus Thuler, do Flamengo, virou alvo de uma grande polêmica nas redes sociais. O motivo é ter chamado Lincoln, seu companheiro de clube, de macaco numa livestream transmitida no Instagram.

Leia também: Primeira jogadora profissional de League of Legends morre aos 24 anos

O fato aconteceu na tarde deste domingo, quando Lincoln e Vinicius Souza dividiam uma livestream, que contava com mais de 1.200 pessoas assistindo. Eis que Thuler pergunta com quem o volante rubro-negro estava conversando. Após a resposta, veio a frase que foi acusada por torcedores de ser racista .

— Macaco — gritou Thuler.

— O que é isso, cara? — respondeu Lincoln, assustado.


Pouco após a declaração, Vinicius Souza encerrou a transmissão.

Procurada, a assessoria de Thuler informou que os atletas são amigos e que se tratava de uma brincadeira entre eles. Também informou que, em breve, Lincoln postará uma foto para mostrar que está tudo bem entre os atletas.