Neymar posa ao lado de Bolsonaro
Reprodução/Twitter
Neymar posa ao lado de Bolsonaro

Indiciada pela polícia após a acusação de estupro contra Neymar, Najila levanta, por meio de sua defesa, uma suspeita de diferença no tratamento dado pela Justiça a ela e ao jogador do PSG e da seleção brasileira, citando inclusive a boa relação dele com o presidente Jair Bolsonaro. As informações são do "Blog do Perrone".

Leia também: Após polêmica com Neymar, Najila Trindade acusa novo affair de agressão

Em documento entregue para a Justiça, Cosme Araújo Santos, advogado de Najila , acusa o Ministério Público de falta de isonomia ao arquivar o inquérito do suposto estupro cometido por Neymar .

Além disso, a defesa da modelo cita a proximidade entre Neymar e Jair Bolsonaro , além da manifestação de Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, que defendeu o jogador e atacou sua cliente publicamente.

Leia também: Devendo 11 meses de aluguel, Najila Trindade tem conta bloqueada pela Justiça

"Será que é porque naquele inquérito o acusado é milionário e famoso 'a nível mundial'? Será que tal posição do recorrente (MP) é porque o acusado Neymar, após os fatos em Paris, teve o privilégio de posar com o presidente da República, com o comentário na mídia de um dos filhos deste que disse que queria a condenação da recorrida (Najila)? Queremos crer que não, considerando que, no entender da recorrida, o Ministério Público ainda é uma das instituições mais respeitadas do país", diz o texto do advogado de Najila.

    Veja Também

      Mostrar mais