Tamanho do texto

O tricolor carioca surpreendeu a equipe paulista e venceu por 2x0 com gols de Digão e Marcos Paulo, ambos na primeira etapa

Lance

Digão comemora gol do Fluminense contra o São Paulo arrow-options
Agência O Globo
Digão comemora gol do Fluminense contra o São Paulo

Vence o Fluminense! No duelo entre tricolores no Morumbi, a equipe carioca garantiu uma grande vitória derrotando o São Paulo por 2 a 0 e respirou fora da zona de rebaixamento. Digão e Marcos Paulo marcaram os gols da partida. 

Com o resultado, o Tricolor carioca saiu da zona de rebaixamento e respira na tabela do Brasileirão. O Fluminense volta aos gramados no próximo domingo, às 16h, contra o Internacional, no Beira-Rio. 

Começo animado

O jogo começou quente no Morumbi e foi o São Paulo quem tomou a iniciativa. Logo no primeiro minuto de bola rolando, Antony arriscou um belo chute de fora da área, de chapa, e a bola passou raspando o travessão. As equipes valorizavam muito a posse de bola e o jogo ficou amarrado no meio-campo, com muita marcação e erros de passe. Aos 34, Tchê Tchê deu um passe pelo alto para Pablo, o atacante ganhou de Gilberto no corpo e chutou forte para fora, assustando Muriel. 

Apagão do São Paulo

O Fluminense tocava bem a bola e conseguiu encaixar a marcação contra a equipe de Fernando Diniz. Aos 35 minutos, o Tricolor carioca aproveitou a primeira oportunidade real que teve na partida. Em uma falta na lateral do campo, Daniel levantou na medida para Digão. O zagueiro do Fluminense testou firme e abriu o placar. O Tricolor paulista sentiu e o golpe e os visitantes aproveitaram para ampliar. Aos 39, Caio Henrique arrancou pelo meio, deu um lindo drible em Bruno Alves, e enfiou a bola na medida para Marcos Paulo. O atacante, que estava livre de marcação, tocou por baixo de Tiago Volpi e fez o segundo para o clube carioca. 

Pouca emoção

O Fluminense voltou para a segunda etapa esperando o São Paulo e buscava uma bola para matar a partida no contra-ataque. Fernando Diniz colocou os experientes Alexandre Pato e Hernanes, mas as mudanças no surtiram efeito e o Tricolor paulista continuou sem criatividade para criar as jogadas. A equipe comandada por Marcão acertou a marcação e não deixou o São Paulo assustar na segunda etapa, dominando o jogo até o final para garantir a vitória fora de casa e sair da zona de rebaixamento.