Duas torcidas do Atlético-MG fizeram um protesto na noite da última quinta-feira (03) na sede administrativa do clube, na região centro-sul de Belo Horizonte. Cerca de 50 torcedores, que já haviam anunciado a manifestação nas redes sociais, protestaram contra a "diretoria morta" e os "jogadores mortos".

Leia também: Atlético-MG leva gol no fim do jogo em BH e cai na Sul-Americana nos pênaltis

Torcida do Atlético-MG protesta contra time
Reprodução/Twitter/Guilherme Frossard
Torcida do Atlético-MG protesta contra time


Sérgio Setta Câmara, presidente do Atlético- MG foi o principal alvo, assim como Ruy Costa e alguns jogadores. Quase todo o elenco recebeu "cruzes" com seus nomes, inclusive o goleiro Victor.

Leia também: Viúvas do acidente da Chapecoense protestam por falta de indenização

Já no fim no protesto , os torcedores do Atético-MG fizeram uma procissão, carregando um caixão e concluído com um velório simbólico. A manifestação da torcida começou por volta de 18h e terminou por volta 20h30.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários