Tamanho do texto

Ex-jogador também terá de demolir um píer e um campo de futebol que foram construídos de forma irregular na capital federal

Lance

Romário é condenado a pagar dívida de aluguel de mansão arrow-options
Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados
Romário é condenado a pagar dívida de aluguel de mansão

O senador Romário (Podemos-RJ) foi condenado em primeira instância pela 7ª Vara Cível de Brasília ao pagamento de uma dívida de R$ 408.799,47 referente ao aluguel de uma mansão na cidade. Além disso, o ex-jogador foi condenado para demolir no prazo de 30 dias um píer e um campo de futebol construídos de forma irregular na área do imóvel alugado.

Leia mais: Apresentador Neto se desespera com frango de Cássio; veja reação

A ação foi tomada pela Fashion Park Empreendimentos Imobiliários em 2016 contra Romário e os fiadores Silvio Antônio Ferreira e Temístocles Grossi sobre o contrato que teve início em 2012. O ex-jogador morou no imóvel, localizado à beira do Lago Paranoá, durante quatro anos. 

O valor inicial era de R$ 26 mil, mas houve reajuste para R$ 35 mil em julho de 2015, com vigência de 12 meses a partir de agosto de 2015. Após o reajuste, o ex-jogador pagou apenas dois aluguéis . Romário deixou de pagar a partir de novembro de 2015, até deixar o imóvel em setembro de 2016. 

A sentença do processo foi registrada pelo juiz Luciano dos Santos Mendes da 7ª Vara Cível de Brasília no último dia 12 de agosto. A defesa de Romário já entrou com pedido de recurso.