Tamanho do texto

Em crise, a Raposa amarga a 16º colocação no Campeonato Brasileiro, apenas três pontos na frente do Fluminense, primeiro time do Z-4

Lance

Rogério Ceni arrow-options
Vinnícius Silva/Cruzeiro
Rogério Ceni soltou o verbo após Cruzeiro ser goleado em casa para o Grêmio

O Cruzeiro de 2019 foi da esperança de mais conquistas a decepção em poucos meses. Os resultados dentro de campo e a crise institucional que assola o clube ganham contornos de drama para o torcedor celeste, que tem um temor real: uma possível queda para a segunda divisão. 

Leia também: "Se não mudar a atitude, não faz sentido ficar", diz Ceni após goleada

A goleada aplicada pelo Grêmio na Cruzeiro , por 4 a 1, abriu mais ainda as fendas que a Raposa tem expostas. O que eram assuntos internos ganham as manchetes de jornais e sites. As mais recentes foram as declarações de Thiago Neves sobre improvisações de Rogério Ceni contra o Internacional, pela Copa do Brasil, coletiva forte do treinador que pediu mudança de postura, ou não faria sentido mais ficar no clube. 

Outro assunto que veio à tona se refere aos atrasos da Raposa dos vencimentos de jogadores e funcionários dos meses de julho e agosto, que foram confirmados pelo diretor de futebol, Marcelo Djian. 

"Tem uma parte de julho que está atrasada e agosto, que venceu na última sexta-feira.Nós estamos trabalhando para regularizar isso o mais rápido possível", disse sobre os salários atrasados

Djian repercutiu a fala de Rogério Ceni na sua coletiva pós-jogo quando o treinador afirmou que se o time não mudasse a postura em campo, não veria sentido em ficar no Cruzeiro. Segundo o diretor de futebol, não há chances de Ceni deixar a Toca da Raposa no momento. 

Leia também: Corinthians e Flamengo podem herdar os títulos do Cruzeiro na Copa do Brasil?

"Não existe risco nenhum. É normal a decepção dele, já que os três primeiros jogos dele nós tivemos bons resultados, conseguimos sete pontos, já na última quarta-feira fomos desclassificados da Copa do Brasil, onde a gente poderia ir para a final", disse o dirigente do Cruzeiro .