Tamanho do texto

Com belo gol, Luan ultrapassa Renato Gaúcho na artilharia histórica do time

Lance


Grêmio arrow-options
Reprodução/Grêmio
Grêmio encerra jejum no Brasileirão

Na Arena, o Grêmio fez o seu dever de casa e derrotou o Athletico-PR por 2 a 1. Com o placar, o Tricolor chegou aos 21 pontos, na 11ª colocação. O Furacão é o nono, com 22 pontos.

LEIA MAIS: Luan se irrita com pergunta de repórter: "adoram tumulto"

Na próxima rodada, o Grêmio visita o São Paulo, no Morumbi. Enquanto isso, o Furacão recebe o Ceará, na Arena da Baixada.

O jogo

O Grêmio começou o jogo elétrico. Logo aos 3 minutos, a zaga do Furacão deu bobeira, Thaciano recuperou a bola no campo de ataque e acionou Luan, que deslocou Santos e mandou para dentro do gol, 1 a 0.

Atordoado pelo baque, o Furacão demorou a reagir. Mesmo com o Tricolor repleto de reservas, o time paranaense encontrava dificuldades e a melhor chance veio com Rony. Após sobra da zaga, o atacante disparou uma bomba e tirou tinta do poste gaúcho.

Aos poucos, o Athletico começou a entrar no jogo e teve a principal oportunidade de empatar na casa dos 36 minutos. Em bela enfiada de bola, Vitinho saiu cara a cara com Júlio César e viu o goleiro salvar o Tricolor.

LEIA MAIS: Galo faz jogo ruim e perde para o Bahia no Brasileirão

Se o Tricolor abriu o placar logo nos primeiros minutos da etapa inicial, o Furacão começou com o pé no acelerador no segundo tempo e fez o seu gol aos 2 minutos. Cirino cruzou para trás e Rony, de voleio, deixou tudo igual na Arena.

Não deu nem tempo de comemorar, o Grêmio reagiu de maneira rápida e após cruzamento de Galhardo, Thaciano desviou de cabeça para recolocar o time gaúcho em vantagem.

Aos 24 minutos, Renato Gaúcho promoveu a entrada do menino Patrick no lugar de Luciano. Logo no primeiro lance, o jovem foi derrubado por Márcio Azevedo na grande área e o juiz deu pênalti. Após revisão no VAR, o árbitro confirmou a penalidade. Na cobrança, Diego Tardelli bateu rasteiro no canto direito e Santos pegou.

LEIA MAIS: CBF e clubes definem modelo de fair play financeiro para 2020

Sem matar o jogo, restou ao Tricolor tentar segurar o ímpeto do adversário e buscar o contra-ataque. Nos minutos finais, com o Furacão aberto no sistema defensivo, Luan cruzou e Patrick exigiu ótima defesa de Santos.

GRÊMIO 2 X ATHLETICO-PR
Local: Arena, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 24/8/2019 – 17h
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho(RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá(RJ)
Público/renda: 10.788 pagantes/R$ 355.594,00
Cartões amarelos: Romulo, Luciano, Juninho Capixaba (GRE), Léo Pereira (ATL)
Cartões vermelhos: –
Gols: Luan (3’/1ºT) Rony (2’/2ºT) Thaciano (6’/2ºT)

GRÊMIO: Júlio Cesar; Rafael Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Juninho Capixaba; Romulo, Thaciano e Luan (Darlan, aos 46/2ºT); Luciano (Patrick, aos 24/2ºT), Diego Tardelli (Michel, aos 36/3ºT) e Pepê. Técnico: Renato Gaúcho.
ATHLETICO: Santos; Khellven, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo (Abner, aos 40/2ºT); Wellington (Tomás Andrade, aos 23/2ºT), Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Vitinho (Braian Romero, aos 31/2ºT), Cirino e Rony. Técnico: Tiago Nunes.