Tamanho do texto

Camisa 10 fez o gol da vitória tricolor diante dos cearenses no Morumbi

Daniel Alves marcou na sua estreia pelo São Paulo arrow-options
Luis Moura / WPP / Agencia O globo
Daniel Alves marcou na sua estreia pelo São Paulo

A estreia de Daniel Alves com a camisa do São Paulo não poderia ter sido melhor: Morumbi cheio, gol marcado e vitória na conta. O camisa 10 do time tricolor - que jogou com a nova camisa azul - fez o único tento do triunfo por 1 a 0 pelo Brasileirão , neste domingo (18).

O São Paulo foi aos 27 pontos na tabela de classificação, ocupando a quinta posição. Já os cearenses ficaram com 20, no 10º lugar.

Na próxima quarta-feira, a equipe paulista faz o jogo atrasado diante do Athletico-PR, em Curitiba. Depois, no final de semana, encara o Vasco, também como visitante. O Ceará , por sua vez, recebe o Flamengo no domingo que vem.

Diante de uma marcação muito forte do Ceará, Daniel Alves conseguiu se infiltrar na área rival e marcou o gol da vitória aos 40 minutos do primeiro tempo. Os visitantes fizeram um jogo bastante duro e tiveram várias oportunidades para empatar, mas o goleiro Tiago Volpi fez defesas importantes.

O atacante Raniel chegou a marcar o segundo gol são-paulino na etapa final, mas a arbitragem assinalou impedimento no lance.

EXPECTATIVA DOS ESTREANTES...

Em trabalho de recuperação no Campeonato Brasileiro, o São Paulo carregou uma grande expectativa nos últimos dias pelas estreias de Juanfran e Daniel Alves. Os tricolores compareceram em peso no Morumbi por conta disto e viram um bom futebol desde o apito inicial. Com segundos, Daniel Alves mandou de primeira, após passe de Reinaldo, e obrigou Diogo Silva a fazer grande defesa. O Ceará tentou responder com Samuel Xavier, mas parou em Tiago Volpí.

...RESULTA EM GOL!

No desenrolar da partida, o equilíbrio predominou por uma parte do primeiro tempo, voltando a ter lances de perigo perto do intervalo. Aos 38 minutos, Thiago Galhardo quase marcou olímpico para o Ceará, faltando um pouco de sorte. No minuto seguinte, porém, quem mostrou estrela e conseguiu o objetivo foi Daniel Alves, abrindo o marcador para o São Paulo. Após bela jogada do também estreante Juanfran, Raniel recebeu e ajeitou para Daniel Alves, garantindo o 1 a 0 antes do intervalo.

TENTATIVA DE LÁ E DE CÁ 

Atrás do marcador, o Ceará se jogou ao ataque, tentando, de alguma forma, responder diante da superioridade do São Paulo. Nos últimos momentos antes do fim do primeiro tempo, Tiago Volpi foi bastante exigido após batida colocada de Samuel Xavier, um dos destaques cearenses na partida. Já no segundo tempo, o Tricolor seguiu no ritmo e, aos três, parou na trave em chance de Raniel. O Ceará arriscaria, aos 11, com Lima, mas novamente Volpi, em grande tarde, foi bem para evitar o empate.

VITÓRIA CONFIRMADA 

Na proximidade do fim da partida, Daniel Alves não sossegou, mas a vitória foi confirmada no 1 a 0 para o São Paulo. Vale destacar, porém, que não faltaram chances para o placar ser mais elástico. Aos 29 minutos, por exemplo, Raniel chegou a estufar as redes do Ceará, mas o gol foi bem anulado por conta de impedimento. Nos acréscimos, os jogadores de ambas as equipes chegaram a se estranhar, mas foram rapidamente contidos pela arbitragem. Grande vitória do São Paulo e atuação dos estreantes.

FICHA TÉCNICA 
SÃO PAULO 1 X 0 CEARÁ

Estádio : Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/hora : 18/8/2019, 16h (de Brasília)
Árbitro : Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Assistentes : Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Clovis Amaral da Silva (PE)
Árbitro de vídeo : Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Público/renda : 47.705 torcedores/R$ 3.353.610,00
Gramado : Bom
Cartões amarelos : Everton, Bruno Alves, Luan (SAO) e Samuel Xavier (CEA)
Cartão vermelho : -

GOL : Daniel Alves 39'/1ºT (1-0)

SÃO PAULO : Tiago Volpi, Juanfran, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Liziero (Luan 17'/2ºT), Tchê Tchê e Daniel Alves; Antony (Vitor Bueno 25'/2ºT), Everton (Helinho 36'/2ºT) e Raniel. Técnico: Cuca.

CEARÁ : Diogo Silva, Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio (Tiago Alves 7'/2ºT) e João Lucas; Fabinho e Ricardinho; Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves 25'/2ºT), Thiago Galhardo e Lima (Wescley 33'/2ºT); Felippe Cardoso. Técnico: Enderson Moreira.

    Leia tudo sobre: Futebol