Tamanho do texto

Ex-jogador tinha 81 anos e morreu no Rio de Janeiro na madrugada desta sexta-feira, em decorrência de falência múltipla dos órgãos

Lance

Altair%2C ídolo do Fluminense arrow-options
Reprodução/Facebook
Altair, ídolo do Fluminense

Morreu na madrugada desta sexta-feira o ex-jogador Altair, que foi campeão do mundo com a Seleção Brasileira em 1962. Aos 81 anos, o ex-lateral-esquerdo estava internado há 15 dias no Hospital das Clínicas de São Gonçalo, no Rio e sofreu falência múltipla dos órgãos.

Saiba como assistir aos jogos do Fluminense na Copa Sul-americana

Quarto atleta com mais jogos disputados na história do Fluminense , com 551, Altair sofria com Mal de Alzheimer desde 2013. Em 2019, a reportagem do 'Globoesporte.com' encontrou o ex-lateral perdido e desorientado nas ruas de Brasília. O sepultamento deve ocorrer nesta sexta-feira, às 17h, no Cemitério Maruí, em Niterói.

Altair foi reserva de Nilton Santos na Copa do Mundo do Chile de 1962 . Pelo Flu, o ex-jogador conquistou três títulos estaduais (1959, 1964 e 1969) e dois Torneios Rio-São Paulo (1957 e 1960). A CBF, em respeito a morte de Altair colocou as bandeiras de sua sede a meio mastro. Os jogos do fim de semana terão um minuto de silêncio em sua homenagem.