Tamanho do texto

Leandro Castan, do Vasco, e Luciano Castan, do CSA, nunca gostaram de jogar juntos, mas se enfrentam profissionalmente pela primeira vez; veja

Vasco e CSA se enfrentam neste domingo (04), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas esse não será um jogo qualquer, pelo menos não para os irmãos Leandro e Luciano, que quando pequenos saíam juntos para jogar bola na rua. Na volta, um sempre chegava triste porque havia perdido. Eles não gostavam de jogar juntos e estavam sempre em times diferentes, segundo informações do jornal O Globo.

Leia também: Confira a agenda do futebol deste sábado, dia 03 de agosto de 2019

Leandro e Luciano Castan arrow-options
Reprodução
Leandro e Luciano Castan se enfrentam em Vasco e CSA


A partida de domingo (04) será a primeira em que Leandro Castan, do Vasco , enfrentará Luciano, do CSA , profissionalmente. Um duelo que mistura o amor fraterno e a pitada de rivalidade que as melhores histórias de irmãos trazem à tona.

Leia também: Milan tentou contratar Cristiano Ronaldo antes da Juventus no ano passado

A personalidade dos irmãos, segundo o pai Marcelo Castan, é bem diferente: enquanto Luciano é mais reservado, Leandro é mais explosivo. "Os dois são muito aguerridos. A questão é que, como irmãos, não posso nem dizer como vai ser o comportamento dos dois. Vai ter aquela coisa de querer ganhar do irmão. Para nós, da família, vai ser difícil escolher um para torcer", disse ele.

Antes de se tornar representante dos filhos, Marcelo também foi jogador e afirma estar tranquilo para ver os filhos se enfrentando, mas a esposa não pode dizer o mesmo. O pai vê dona Edilaine mais nervosa nesta semana e acha até que ela não assistirá o jogo, que acontece no Espírito Santo.

Além disso, Marcelo notou um comportamento diferente de Leandro e Luciano também. Segundo ele, os filhos estão mais calados e ligando menos para ele desde segunda. Como a partida foi transferida para o Espírito Santo, Marcelo não irá ao estádio e ficará em Jaú, no interior de São Paulo, para fazer um churrasco antes da partida.

O pai da dupla também conta que Leandro Castan tem uma tatuagem com o rosto do irmão na perna, e Luciano foi um dos que mais apoiaram o jogador do Vasco quando ele descobriu que tinha um tumor no cérebro quando atuava pelo Roma, na Itália, e temeu nunca mais jogar.

"Foi angustiante para todos na família. Sentimos muito, ficamos muito apreensivos. Todos nós viajamos para ficar com ele na Itália, o Luciano estava de férias na época. São nessas horas de angústia que a gente cresce, multiplica-se o amor e o carinho", relembrou Marcelo Castan.

Leia também: Quartas da Libertadores definidas: confira os detalhes dos confrontos

O Vasco de Leandro é o 15º colocado do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos. Já o CSA, de Luciano, é o penúltimo, com 7. O jogo acontece no domingo, às 19h.