Tamanho do texto

Patrocinadora do torneio a GOL ofereceu três passagens para Fernando de Noronha aos estrangeiros que doassem seus ingressos para brasileiros

portugal e peruanos
Divulgação
Rafael Portugal tentou trocar ingresso da final da Copa América por passagem aérea

Patrocinadora oficial da CONMEBOL Copa América, a GOL Linhas Aéreas realizou neste domingo (07) uma ação que agitou o pré-jogo de Brasil e Peru antes da partida no entorno do Maracanã, palco da grande decisão.

Leia também:  Americano bate recorde de nocaute mais rápido da história do UFC; assista

Com uma proposta tentadora feita pelo ator e humorista Rafael Portugal, torcedores peruanos tinham de decidir se trocavam o ingresso da finalíssima por uma viagem para qualquer destino do Brasil com a GOL.

A brincadeira também visava aumentar a hegemonia no estádio, já que os ingressos trocados pelos visitantes eram doados imediatamente para brasileiros que não tinham entradas para a partida.

Porém, momentos antes do jogo apenas dois peruanos toparam abrir mão de vivenciar a decisão histórica para conhecerem um lugar paradisíaco brasileiro: Fernando de Noronha. Há 44 anos o Peru não fazia uma final de Copa América .

Outro "visitante" que não veria o seu time na final abriu mão do seu ingresso e também escolheu como destino o arquipélogo que fica no estado de Pernambuco: um argentino.

"Em nossas ações que realizamos em Copa América, essa festa dos torcedores estava no centro das nossas atenções de uma forma leve e divertida, e na final não poderia ser diferente. O Brasileiro é cordial por natureza e ama receber bem, uma das principais características da nossa companhia. Tentamos mostrar isso para a torcida peruana de uma forma divertida", explicou German Carmona, gerente de marketing da GOL .

Outra presença marcante da companhia na final deste domingo será na entrega das medalhas. Com a ideia de mostrar a diversidade cultural do Brasil durante a festa de colaboradores, a GOL escalou um time de funcionários da empresa para a cerimônia de acordo com a história de cada um deles, com pessoas que nunca imaginariam fazer parte da festa.

Leia também:  Ritual de bruxaria pode ter definido o futuro do Peru na Copa América

"[Nas ações do ingresso e medalha]Optamos por valorizar um dos seus principais pilares: O propósito da GOL é ser a primeira de todos, e uma empresa feita de pessoas para atender pessoas. Assim, também mostramos a diversidade do nosso país para todo na cerimônia de premiação", completou German.