Tamanho do texto

Íntegra do vídeo era uma das provas que a polícia queria ter em mãos para a investigação sobre o suposto estupro do jogador

IstoÉ

Najila Trindade
Reprodução / Edu Garcia / R7
Najila Trindade deu depoimento na delegacia da mulher; ela acusa Neymar de estupro






A modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa Neymar de agressão e estupro, disse, em depoimento à polícia nesta sexta-feira (7), que o tablet em que armazenava a íntegra do vídeo do segundo encontro que teve com o jogador em um hotel em Paris foi furtado. As informações são do Jornal Nacional.

Leia também: Assessoria nega que Neymar tenha perdido contratos publicitários

Leia também: Caso Neymar: após depor por 4h, Najila Mendes deixa delegacia carregada

Leia também: Mauro Naves teria sido afastado da Globo por tentar 'abafar' o caso Neymar

No depoimento, prestado à delegada Juliana Lopes Bussacos, da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de São Paulo, Najila disse que o furto aconteceu na quinta-feira (6), quando seu apartamento teria sido arrombado. Ela não teria registrado Boletim de Ocorrência porque não sabia o que havia sumido.

A íntegra do vídeo era uma das provas que a polícia queria ter em mãos. Um minuto deste vídeo já é de conhecimento público. Nele, Najla aparece batendo em Neymar . Nos outros seis minutos, segundo a modelo contou, haveria elementos que comprovariam que o jogador a agrediu no dia anterior.