Tamanho do texto

Time paulista saiu na frente com Pedrinho, mas levou três gols e caiu em Salvador. Em Curitiba, vitória fácil do Furacão sobre o Vasco

Pedrinho na marcação de dois jogadores
Tiago Caldas/ Fotoarena / Agência O Globo
Corinthians e Bahia se enfrentaram na estreia do Brasileirão 2019

Uma semana após conquistar o título do Paulistão, o Corinthians fez sua estreia no Campeonato Brasileiro na cidade de Salvador, diante do Bahia, atual campeão baiano. E a equipe tricolor levou a melhor, vencendo por 3 a 2, de virada.

Leia também: Rodrigo Caio deixa hospital após susto, mas não joga quarta: "Lembrei de tudo"

O Corinthians volta a campo pelo Brasileirão na próxima quarta-feira, em casa, onde enfrenta a Chapecoense. Já o Bahia viaja até o Rio de Janeiro para encarar o Botafogo, na quinta-feira.

O duelo foi bastante equilibrado no primeiro tempo e sem grande oportunidades para ambos os lados. Os times deixaram as emoções para os minutos finais, mais precisamente nos acréscimos, onde saíram dois gols.

Antes, o VAR trabalhou em um lance de possível penalidade para o Bahia. Na jogada, o lateral Nino Paraíba caiu na área após disputa de bola com Carlos Augusto, mas o árbitro, depois de consultar o vídeo, mandou o jogo seguir.

Aos 46 minutos, Pedrinho recebeu de Ramiro na entrada da área e acertou um belo chute seco, no canto do goleiro Anderson, abrindo o placar. Dois minutos depois, aos 48, Nino Paraíba cruzou e Arthur Caíke cabeceou para empatar - Cássio ainda tocou na bola, mas não conseguiu defender.

Leia também: Vanderlei brilha e Santos vence o Grêmio fora de casa na estreia do Brasileirão

A etapa final começou com o Bahia ameaçando e acertando a trave em uma bomba de Moisés de fora da área. Cássio ainda bateu na bola. O Corinthians respondeu num chute perigoso de Clayson, que desviou em Elton na pequena área e saiu por cima.

Na sequência, Clayson arriscou mais uma vez de fora e parou em boa defesa de Anderson.

A virada do Bahia saiu aos 31 minutos, em rápido contra-ataque puxado por Rogério pelo lado esquerdo. Ele deu na área para Gilberto, que cruzou na medida para Artur pegar de primeira e anotar um belo gol.

Aos 38, Ralf falhou ao tentar cortar lançamento no meio de campo, a bola chegou em Rogério no contra-ataque e o atacante, com a maior tranquilidade do mundo, deu um lindo toque por cobertura, vencendo Cássio.

Clayson marcou um belo gol aos 50 minutos e diminuiu o prejuízo, mas a reação parou por aí. 

Goleada do Furacão na Arena da Baixada

Renan Lodi, Marco Ruben e Bruno Guimarães
Rodolfo Buhrer / La Imagem / Fotoarena / Agência O Globo
Athletico-PR atropelou o Vasco em Curitiba

O Athletico-PR iniciou bem sua trajetória no Brasileirão de 2019 ao vencer o Vasco por 4 a 1, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Logo aos três minutos, Marco Ruben recebeu na grande área e chutou forte para boa defesa de Alexander, mas Bruno Guimarães pegou o rebote e estufou as redes. Aos 43, Marco Ruben aproveitou rebote do cabeceio de Renan Lodi, ganhou da defesa na dividida e ampliou.

Leia também: Brasileirão de 2019 começa com boa vitória do São Paulo sobre o Botafogo

O Athletico seguiu superior ao Vasco no segundo tempo e marcou o terceiro: Rony cabeceou para o meio da área e o zagueiro Werley fez contra. Aos 41 minutos, Nikão deixou sua marca e transformou o triunfo em goleada. 

Ainda deu tempo para Bruno César descontar para o Vasco, aos 43.

O próximo jogo do Furacão é na quarta-feira que vem, diante do Fortaleza, no Ceará. Já o cruzmaltino buscará reabilitação no mesmo dia, em casa, contra o Atlético-MG.

O que você achou da vitória do Bahia sobre o Corinthians e do atropelo do Athletico-PR diante do Vasco? Comente abaixo!

    Leia tudo sobre: Futebol