undefined
Reprodução/Twitter
O jornalista Rafael Henzel faleceu nesta terça-feira (26) após sofrer um infarto

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) rejeitou os pedidos da Chapecoense para adiar a partida contra o Criciúma, pela terceira fase da Copa do Brasil, que acontece nesta quarta-feira (27). O motivo das solicitações é a morte do jornalista Rafael Henzel, um dos sobreviventes do acidente aéreo da equipe em 2016.

Leia também: Sobrevivente da Chape, Rafael Henzel chora ao narrar gol da vaga na Libertadores

O clube informou que fez o pedido pois não há clima para a realização da partida por conta de tudo que Rafael Henzel representa para o time, e também por respeito aos familiares e amigos do jornalista, mas teve suas duas solicitações negadas.

"Em caráter oficial, a CBF informou a manutenção da partida entre Chapecoense x Criciúma, válida pela terceira fase da Copa do Brasil, para as 19h15 desta quarta-feira (27). A Associação Chapecoense de Futebol realizou dois pedidos para que o jogo fosse adiado, mas não houve o aceite", escreveu o clube nas redes sociais.




Leia também: Documentário sobre reconstrução da Chape abre festival de cinema na Espanha

O jornalista, de apenas 45 anos, morreu após sofrer um infarto ao jogar bola com amigos na noite desta terça-feira (26), em Chapecó. Ele chegou a receber um primeiro atendimento ainda em campo, antes de ser transferido para uma ambulância. Já o hospital, chegou a sofrer uma nova parada cardíaca e acabou não resistindo.

Henzel foi um dos seis sobreviventes do acidente aéreo que causou a morte de 71 pessoas no voo da Lamia que levaria a delegação da Chapecoense até a Colômbia, onde a equipe disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana em 2016. 

Leia também: Goleiro Ivan, da Chapecoense, é acusado de roubar celular e ferir ex com faca

Após a tragédia da Chape, Rafael Henzel lançou um livro, entitulado “Viva como se estivesse de partida”,  e fez um relato comovente sobre os acontecimentos no dia do acidente. Além disso, voltou a trabalhar como radialista, sua grande paixão na vida, e a cobrir e narrar partidas.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários