Tamanho do texto

Um dos maiores atacantes do clube, Claudiomiro conquistou seis títulos do Campeonato Gaúcho. Jogador teve passagens por Flamengo e Botafogo

Claudiomiro fez o primeiro gol do estádio do Internacional e tem seis títulos pelo clube
Reprodução
Claudiomiro fez o primeiro gol do estádio do Internacional e tem seis títulos pelo clube

Na noite desta sexta-feira (25) foi informada a morte do ex-atacante do Internacional, Claudiomiro , mais conhecido como Bigorna. A causa da morte não foi revelada. O ex-atleta tinha 68 anos.

Leia também: Diretoria do Internacional diz que já esperava punição a Guerrero

Com duas passagens pelo Internacional ao longo de sua carreira (1967-1974; 1979-1979), Claudiomiro Estrais Ferreira, nasceu em 03 de abril de 1950 em Porto Alegre. Entrou para a história do clube gaúcho ao marcar o primeiro gol do Estádio Beira-Rio em amistoso contra o Benfica, em 1969.

Veja o lance:


Além de bom atacante, sabia “cavar pênaltis” como ninguém. Sempre em alta velocidade, ajeitando a bola com o pé direito – ou esquerdo – antes de soltar a bomba. Ao todo, Claudiomiro fez 424 jogos pelo Internacional, marcou 210 gols e venceu o Campeonato Gaúcho seis vezes (1969/ 1970/ 1971/ 1972/ 1973/ 1974). É o terceiro maior artilheiro da história do Colorado.

Leia também: Copa 2030 pode ter candidatura tripla de Marrocos, Portugal e Espanha

O ex-jogador também teve passagens por Botafogo (1975), Flamengo (1976-1977), Caxias (1978) e Novo Hamburgo (1979).

Confira na íntegra a nota de pesar publicada no site do Sport Club Internacional:

É com profundo pesar que o Sport Club Internacional informa o falecimento do lendário atacante Claudiomiro, aos 68 anos, ocorrido na noite desta sexta-feira (24/8), em Canoas. O Clube do Povo se solidariza com os familiares e os amigos do Ídolo Eterno que brilhou com a camisa colorada nos anos 1960 e 1970. O velório será realizado a partir das 9 horas, o na Capela Nossa Senhora das Vitórias, no Beira-Rio.

Autor do primeiro gol no Beira-Rio, Claudiomiro chegou ao Inter com apenas 13 anos. Estreou nos profissionais com 16 anos, e tinha 18 quando fez o histórico gol contra o Benfica de Portugal, na inauguração do Gigante, em 1969. Chamado de Bigorna fez parte, no início da carreira, de um ataque que tinha outros jogadores jovens - como Sérgio, Dorinho e Bráulio.

Leia também: Cristiano Ronaldo pode ser reserva em alguns jogos da Juventus

Além de suas excepcionais características como centroavante, era também um excepcional cavador de pênaltis. Claudiomiro foi o dono absoluto da camisa 9 do Internacional -RS entre 1967 e 1973. Com 210 gols marcados, Claudiomiro é o terceiro maior artilheiro, ficando atrás apenas de Carlitos (485) e Bodinho (235).