Tamanho do texto

O treinador comandará a equipe já no domingo (05), contra o América Mineiro. Nesta quinta-feira (02), contra o Bahia, Paulo Turra será o treinador

Felipão chega para comandar o Palmeiras pela terceira vez na carreira
Reprodução
Felipão chega para comandar o Palmeiras pela terceira vez na carreira

Felipão será apresentado como novo treinador do Palmeiras  na sexta-feira (03), às 15h, na Academia de Futebol.

Leia também: Cuca é apresentado como novo treinador do Santos; Estreia acontece nesta quarta

O anúncio da contratação de Felipão foi feito há quase uma semana, no dia seguinte a demissão de Roger Machado , mas o treinador ficou em Portugal para resolver algumas pendências particulares, como moradia.

Durante a semana, os treinamentos foram comandados por Paulo Turra e Carlos Pracidelli, auxiliares de Luiz Felipe Scolari, que já recebe orientações do técnico.

A primeira partida do Palmeiras sob o comando de Felipão acontece no domingo (05), contra o América Mineiro, em Minas Gerais, pelo Campeonato Brasileiro. Scolari terá seu primeiro contato com o grupo de jogadores apenas na véspera do jogo.

Leia também: Palmeiras fecha empréstimo do zagueiro Gustavo Gómez, que pertence ao Milan

Nesta quinta-feira (02), o Palmeiras enfrenta o Bahia na Fonte Nova pela Copa do Brasil, porém com Paulo Turra no banco de reservas.

Histórico de Felipão

Essa é a terceira passagem de Felipão no Palmeiras, a primeira foi entre 1997 e 2000, quando foi campeão da Copa do Brasil e a Copa Mercosul em 1998, o Rio-São Paulo em 2000, e sua grande conquista pelo clube, a Libertadores de 1999.

A segunda foi no período de 2010 a 2012, esta com maiores dificuldades do que na primeira devido as condições financeiras do Palmeiras na época.

Mesmo com a crise, Felipão foi campeão da Copa do Brasil de 2012, mas foi muito criticado quando deixou o clube, que seria rebaixado para a Série B no mesmo ano.

Leia também: Voltamos a ser você: retorno de Felipão e as imagens diferentes da mesma pessoa

O último trabalho de Felipão como treinador foi na China, comandando o Guangzhou Evergrande, onde teve muito sucesso e ganhou três campeonatos nacionais e uma Liga dos Campeões da Ásia.

    Leia tudo sobre: Futebol