Tamanho do texto

Com contrato de cinco anos, o ex-Corinthians só precisa realizar ser liberado nos exames para ser apresentado na Itália

Malcom vai defender clube italiano por cinco temporadas
Twitter/Reprodução
Malcom vai defender clube italiano por cinco temporadas

Na manhã desta segunda-feira(23), a Roma anunciou seu novo reforço: o  atacante Malcom, de 21 anos, que estava no Bordeuax, da França agora vai defender o clube italiano. Segundo o clube giallorosso, a transação será concluída assim que o jogador passar por exames médicos.

Leia também:  Efeito CR7? Ingressos antecipados para temporada da Juventus estão esgotados

Os valores da transferência não foram divulgados, mas a imprensa italiana cita pelo menos 35 milhões de euros (cerca de R$ 155 milhões, pela cotação atual) e um contrato de cinco temporadas com Malcom .

Revelado pelo Corinthians, o jovem atleta se destacou na campanha do título brasileiro de 2015 e foi vendido ao Bordeaux por cerca de 9,5 milhões de euros - incluindo os 4,5 milhões que o clube francês pagou em 2017 para comprar os 15% restantes dos direitos econômicos do atleta.

O Corithians, por ser o clube formador, terá direito a uma porcentagem dos valores da negociação, por conta da cláusula de solidariedade da Fifa.

Leia também: Roma empresta Gerson, ex-Fluminense, para a Fiorentina por uma temporada

Malcom também era cobiçado pela Inter de Milão, mas a Roma , com os cofres turbinados pela venda de Alisson ao Liverpool, acabou vencendo a concorrência. O atacante é a 11ª contratação do clube giallorosso para a próxima temporada.

Confira o anúncio da contratação da Malcom nas redes sociais da Roma:





Leia também: Presidente do Bayern critica Özil: "Não joga m** nenhuma há anos"

Apesar de ter perdido Radja Nainggolan para a Inter, a Roma já acertou, além de Malcom , com mais dois  goleiros Antonio Mirante (Bologna) e Daniel Fuzato (Palmeiras); os zagueiros Iván Marcano (Porto), Davide Santon (Inter) e William Bianda (Lens); os meio-campistas Ante Coric (Dínamo Zagreb), Javier Pastore (PSG), Bryan Cristante (Atalanta) e Nicolò Zaniolo (Inter); e o atacante Justin Kluivert. (ANSA).


    Leia tudo sobre: Futebol