Tamanho do texto

Fábio Carille deixa o comando do Corinthians após quase um ano e meio de trabalho, dois títulos paulistas e um campeonato brasileiro

Na noite desta terça-feira o Al-Wehda , da Arábia Saudita anunciou a contratação de Fábio Carille . Após uma semana onde o assunto do Corinthians foi a possível saída do treinador, ela acabou se confirmando através de uma publicação na conta oficial do clube árabe. Depois da publicação, o presidente Andrés Sanchez também confirmou o acordo.

Leia também: Carille recebe proposta do Al Hilal com salário três vezes maior

Fábio Carille venceu em seu primeiro ano como treinador do Corinthians o Paulistão e o Campeonato Brasileiro
Reprodução
Fábio Carille venceu em seu primeiro ano como treinador do Corinthians o Paulistão e o Campeonato Brasileiro

Segundo a publicação no Twitter do Al-Wehda, Carille chega ao novo clube "com o apoio de Turki Al-Sheikh, presidente da Autoridade Geral de Esportes", a maior entidade de desportos do país. 

Com o negócio concretizado, Carille ainda levará dois membros de confiança da sua atual comissão técnica: o preparador físico Walmir Cruz e o auxiliar Leandro da Silva, o Cuca, filho do ex-técnico do Palmeiras.

O Corinthians não perdeu tempo e publicou uma nota em seu site oficial agradecendo Fábio Carille pelos serviços prestados e aproveitou para anunciar Osmar Loss como novo comandante da equipe.

"O Sport Club Corinthians Paulista informa que foi comunicado nesta terça-feira (22), às 20h10, que o técnico Fábio Carille aceitou a proposta do Al Wehda, da Arábia Saudita.

O clube agradece Fábio Carille pelos dez anos de serviços prestados desde auxiliar até treinador, pelos títulos conquistados e a todos os profissionais que se dedicaram neste período.

O auxiliar Osmar Loss comanda a equipe a partir desse momento tendo toda a estrutura de profissionais que trabalharão em prol do clube nessa sequência de temporada.

A diretoria do Corinthians acredita no apoio da torcida que sempre está com o time em qualquer ocasião".

O novo treinador da equipe já estará no comando na próxima partida do Corinthians contra o Millonarios, da Colômbia, na quinta-feira, em São Paulo.

Leia também: Convocações de Cássio e Fagner podem render quase R$ 3 milhões ao Corinthians

O Al-Wehda contava com um brasileiro em seu elenco, o atacante felipe Adão, ex-Vasco e Botafogo, mas ele se desligou do clube após ficar meses sem receber salário. "Eu assinei por dois anos com o Al Wehda, me pagaram no começo e depois passei cinco meses sem receber", revelou o jogador em entrevista ao globoesporte.com no início do mês. 

Na temporada 2017/18, o Al-Wehda foi o campeão da segunda divisão da Arábia Saudita e confirmou seu retorno para a elite do futebol do país. Na temporada 2016/17 o clube havia sido rebaixado após terminar na última colocação na competição. 

Leia também: Tite, Jô, Lodeiro, Gustagol... Corinthians ainda deve R$ 55,8 milhões para eles

Fábio Carille aceitou em tomar a decisão de deixar o comando do Corinthians para ir treinar o clube da Arábia Saudita? deixe sua opinião nos comentários.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.