Tamanho do texto

Vinícius Júnior teve grande atuação com o Flamengo diante do Ceará; Galo venceu o Corinthians em partida com lance polêmico envolvendo arbitragem

Pela terceira rodada do Brasileirão 2018, seis jogos agitaram a tarde deste domingo. Destaques para as vitórias de Flamengo , com ótima atuação de Vinícius Júnior, e Atlético-MG , contra Ceará e Corinthians, respectivamente. O Palmeiras ficou no empate com a Chapecoense em casa e o São Paulo, que saiu na frente do Fluminense, sofreu o empate no fim.

Leia também: Confira a tabela atualizada do Campeonato Brasileiro após jogos desta tarde

Vinícius Júnior e Lucas Paquetá fizeram grande jogo para dar vitória para o Flamengo diante do Ceará pela terceira rodada do Brasileirão
Divulgação
Vinícius Júnior e Lucas Paquetá fizeram grande jogo para dar vitória para o Flamengo diante do Ceará pela terceira rodada do Brasileirão

Além dessas quatro partidas, o Sport derrotou o Paraná fora de casa por 2 x 1 e o Bahia não saiu do zero com o Atlético-PR. Desta forma, nenhuma equipe está com 100% de aproveitamento, já que o Corinthians foi derrotado. Por outro lado, Flamengo, Atlético-PR, Botafogo, São Paulo e Palmeiras seguem invictos no Brasileirão , além do Vasco, que também não perdeu, mas tem um jogo a menos, já que a partida contra o Santos foi adiada para 16 de julho.

A rodada teve algumas polêmicas. A principal dela aconteceu no Horto, em Belo Horizonte, quando o jogo entre Atlético-MG x Corinthians estava empatado. Róger Guedes fez já próximo do fim da primeira etapa, mas, após a arbitragem validar o gol, houve muita reclamação dos jogadores corintianos.

Leia também: Barcelona vence, rebaixa La Coruña e confirma 25º título espanhol antecipado

O árbitro, então, foi consultar o quarto ábitro e, cinco minutos depois, voltou atrás. Nas redes sociais, torcedores e analistas falaram em interferência externa, já que o lance foi muito rápido e o trio havia validado. No segundo tempo, Róger voltou ao marcar e desta vez o juiz deixou valer.

Róger Guedes comemora com seus companheiros de Atlético-MG o segundo gol dele na partida contra o Corinthians, mas o primeiro que o juiz validou
Reprodução/Twitter/Atlético
Róger Guedes comemora com seus companheiros de Atlético-MG o segundo gol dele na partida contra o Corinthians, mas o primeiro que o juiz validou

Em São Paulo, no Allianz Parque, em jogo que a Chapecoense jogou praticamente toda atrás, o Palmeiras não conseguiu marcar. Melhor dizendo, até conseguiu, aos 49 minutos do segundo tempo com Antônio Carlos, mas a arbitragem anulou, de forma equivocada, o gol que seria o da vitória palmeirense.

Já no Ceará, o Flamengo teve atuação dominante diante do Ceará com ótima partida de Vinícius Júnior, que marcou duas vezes. Diego, que havia sido muito vaiado e quase agredido durante a semana por alguns torcedores, marcou o dele e comemorou com a galera. A vitória fez o rubro-negro carioca assumir a ponta da competição, com sete pontos.

No Maracanã, para pouco mais de 19 mil torcedores, o São Paulo saiu na frente do Fluminense com Éder Militão ainda no primeiro tempo. Tecnicamente, a partida entre os tricolores não foi lá essas coisas, mas as duas equipes tiveram boas chances no segundo tempo com bolas na trave. Aos 43 do segundo tempo, o bom garoto Pedro aproveitou cruzamento e deixou tudo igual. Placar justo.

Leia também: Campeão, City goleia West Ham, chega ao centésimo gol e sonha com 100 pontos

Vale ressaltar que o bom Atlético-PR comandado por Fernando Diniz segue invicto na competição. O Sport conseguiu sua primeira vitória e o Paraná conheceu a terceira derrota em três jogos, mostrando ser um dos candidatos a cair.

Complemento da rodada

A terceira rodada do Brasileirão ainda será completada com mais três jogos: Internacional x Cruzeiro, esta noite, América-MG x Vitória, nesta segunda, e Santos x Vasco, dia 16 de julho - esta partida foi adiada pois as duas equipes têm disputas importantes pela Copa Libertadores.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas