Tamanho do texto

Bianka Cabral, musa oficial do Vasco, acompanhou o time na Argentina diante do Racing e fez denúncias de racismo por parte dos torcedores rivais

Musa do Vasco, Bianka Cabral acompanhou o jogo do seu time diante do Racing, na Argentina
Arquivo pessoal
Musa do Vasco, Bianka Cabral acompanhou o jogo do seu time diante do Racing, na Argentina

A modelo Bianka Cabral , musa do Vasco, fez uma denúncia de racismo durante a partida da última quinta-feira pela Copa Libertadores, quando o time carioca perdeu do Racing por 4 a 0, se complicando dentro da competição.

Leia também: Por receber cartões de propósito, atleta é suspenso por seis anos na Inglaterra

O jogo foi realizado no estádio El Cilindro, em Avellaneda, e a torcedora do Vasco relatou a atitude proconceituosa dos torcedores anfitriões. "Não fomos bem recebidos pelos argentinos", disse a loira.

Bianka Cabral, musa do Vasco
Arquivo pessoal
Bianka Cabral, musa do Vasco

Segundo Bianka, logo no início da partida eles já se sentiram intimidados durante a revista feita pelos policiais, que foi bem rigorosa e não permitiu a entrada de diversos itens no estádio.  

Leia também: Cafu se dispõe a ajudar na reconstrução de cidade devastada por terremoto

No final do jogo, quando a equipe brasileira já perdia por 4 a 0, Bianka contou que os fãs argentinos se aproximaram das grades que dividiam as torcidas e começaram a intimidar os brasileiros, chamando os vascaínos de macacos e fazendo gestos imitando o animal.

Bianka Cabral, musa do Vasco
Arquivo pessoal
Bianka Cabral, musa do Vasco

"Esse tipo de atitude e preconceito é inadmissível. Vou procurar os órgãos responsáveis para fazer uma denúncia formal e punir os envolvidos", contou a musa, que usou seu celular para filmar a cena e os agressores.

Dentro de campo

Have a Good Day babys ❤️ #Vasco #musadovasco #crvg #vascodagama

Uma publicação compartilhada por Bianka Cabral (@biankacabral) em

Pelo grupo E da Libertadores , o Vasco tem agora três jogos disputados e apenas um ponto conquistado, ocupando a lanterna da chave e quase eliminado. Os gols do Racing no duelo em território argentino foram de Centurión, Lautaro Martínez, Zaracho e Lisandro Lopez.

Leia também: Pai de Gustagol, atacante do Fortaleza, é preso em SP com 15 kg de maconha

O Racing ainda teve dois pênaltis que foram desperdiçados, ambos batidos por Lisandro Lopez e defendidos pelo goleiro Martin Silva. Para Bianka Cabral, ainda ocorreram diversos erros de arbitragem contra o Vasco , inclusivo os pênaltis marcados a favor do time da casa.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.