Tamanho do texto

De acordo com a entidade, o árbitro de vídeo também pode ser usado em jogos do Campeonato Brasileiro, mas ainda não existe essa definição

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou que o VAR será implementado na Copa do Brasil deste ano a partir da fase de quartas de final - no total, serão 14 jogos com árbitro de vídeo na competição. Para isso, a entidade abriu oficialmente o edital para a contratação da empresa que irá operar os recursos tecnológicos em apoio à arbitragem. 

Leia também: Estudo aponta 50 maiores promessas do futebol europeu; só um é brasileiro

CBF confirma implementação do VAR para Copa do Brasil deste ano
Fernando Torres / CBF
CBF confirma implementação do VAR para Copa do Brasil deste ano

Ainda de acordo com a CBF , os interessados terão até o dia 5 de março para apresentar suas propostas. Trata-se de uma concorrência em que as empresas que manifestarem interesse e demonstrarem viabilidade técnica receberão a carta convite com todas as especificações a serem cumpridas.

Além das partidas da Copa do Brasil, que já terão o uso do VAR definido, a entidade poderá recorrer à vencedora do processo para aplicar o recurso em jogos de outros campeonatos, como o Brasileirão, por exemplo, como prevê o RGC (Regulamento Geral das Competições) de 2018.

A empresa contratada será responsável por disponibilizar os equipamentos e serviços técnicos especializados necessários à completa adoção do VAR, tornando possível que todos os procedimentos de revisão de imagens possam ser executados com qualidade, seguindo o protocolo do International Football Association Board, órgão máximo da arbitragem no futebol mundial, detalhado no Manual do VAR.

Leia também: Ex-companheiro de Ronaldo na Inter pode ser condenado à pena de morte

"Estamos satisfeitos porque 16 empresas já manifestaram interesse em participar da concorrência, o que permitirá uma ampla análise de propostas técnicas e financeiras do mercado. Iniciaremos agora o processo de avaliação, a fim de fazermos os testes necessários para que o projeto seja implantado com excelência, já que a CBF foi pioneira na apresentação do árbitro de vídeo" afirmou Rogério Caboclo, diretor executivo de Gestão da CBF.

A proposta comercial a ser escolhida levará em conta alguns critérios, como menor valor a ser pago, experiência e capacidade técnica e de recursos humanos das empresas em lidar com projetos audiovisuais, capacidade de investimento nos equipamentos e estrutura necessárias, entre outros.

Treinamento

Sempre de acordo com o protocolo elaborado pela Internacional Football Association Board, a CBF realizou uma intensa preparação para o uso da ferramenta. As atividades consistiram em treinamento teórico, prático, off-line e online, para habilitação de Supervisores de VAR, de Árbitros, de Árbitros Assistentes de Vídeo e de Auxiliar de Árbitros Assistentes de Vídeo, bem como de operadores de vídeo, entre setembro e outubro do ano passado.  

VAR já é realidade na Europa
Reprodução
VAR já é realidade na Europa

Durante o período, foram realizados 24 jogos-treinos ao vivo, praticadas centenas de situações programadas pelos instrutores, gerando mais de 3.200 vídeos, e o líder do projeto disponibilizou no portal do IFAB 420 clipes, atingindo a expertise necessária. No total, foram capacitados 113 integrantes de equipes de arbitragem pela CBF, sendo: 16 supervisores, 15 operadores de vídeo, 74 árbitros, além de oito habilitados pela Fifa e Conmebol, VAR e VAAR. 

Leia também: Lembra dele? Roberto Baggio processa líder de ONG por publicação ofensiva na web

Os treinamentos dos instrutores responsáveis foram realizados na Suíça e no Paraguai, com os oficiais sendo capacitados em Águas de Lindóia, cidade do interior de São Paulo, utilizando três campos de futebol, com estrutura necessária para realização dos eventos e participação de clubes de futebol de base durante 20 dias. Os trabalhos administrativos tiveram prosseguimento com os responsáveis pelo projeto participando de 84 atividades entre reuniões no país ou no exterior, treinamentos e testes ao vivo, todos com acompanhamento de representantes da IFAB/Fifa.

A preparação para o VAR começou ainda em março de 2016, logo após a CBF conseguir a autorização para realizar o experimento. Foram realizados dois testes off-line, nas finais do Campeonato Carioca, entre Botafogo e Vasco, no estádio do Maracanã. 

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas