Tamanho do texto

Flamengo foi superior, derrotou o Boavista por 2 a 0 e conquistou a Taça Guanabara. Santos vence clássico contra o São Paulo no Morumbi

Flamengo e Boavista decidiram a final da Taça Guanabara na tarde deste domingo. O rubro-negro conseguiu a vitória por 2 a 0 em um jogo muito complicado e disputado. Os gols foram do zagueiro Kadu, contra, e do jovem Vinícius Júnior, ambos na segunda etapa. Com o resultado, o clube já está classificado para as semifinais do Campeonato Carioca , com a vantagem do empate.

Leia também: Alvo do Corinthians, Diego Tardelli descarta retorno ao Brasil

Vinícius Júnior comemora o segundo gol do Flamengo
Duvulgação/Flamengo
Vinícius Júnior comemora o segundo gol do Flamengo

O Boavista começou surpreendendo e indo para cima. Durante os cinco primeiros minutos, dominou as ações e criou duas chances de gol, com Leandrão e Erick Flores. Ambos os chutes sairam por cima do travessão. O Flamengo começou a trabalhar a bola, trocar mais passes e dominar a posse. Entretanto, o clube abusou dos cruzamentos na área, mas nenhum gerou grande perigo.

A grande chance do rubro-negro na primeira etapa veio em uma cobrança de falta de Diego, aos 26 minutos. O meia colocou a bola por cima da barreira, mas o goleiro Rafael fez linda defesa de mão trocada. Depois do apito final, a torcida do Flamengo cobrou a equipe e alguns torcedores esboçaram vaias.

Depois do intervalo, o jogo continuou como terminou, com o Flamengo pressionando e tentando o jogo aéreo. Aos seis minutos, a zaga do Boavista errou ao sair jogando e deu de presente para Éverton Ribeiro. O meia cruzou e o goleiro Rafael saiu errado. Com isso, Henrique Dourado estava sozinho para cabecear para o gol, mas o atacante não conseguiu acertar o alvo. 

Aos 19 minutos, mais uma vez a bola aérea funcionou, mas dessa vez o gol saiu. Diego achou Réver sozinho na área. O zagueiro tentou escorar para Henrique Dourado e Vinícius Júnior que entravam pelo meio, mas a bola bateu no defensor Kadu Fernandes e entrou. Gol contra do Boavista. A zaga do clube parou fazendo linha de impedimento, mas Kadu não saiu e deu condição para Réver. Depois, ele mesmo desviou a bola contra o próprio patrimônio.

Aos 32 minutos, o Flamengo ampliou a vantagem. Depois de jogada ensaiada de escanteio, Éverton Ribeiro fez um lindo lançamento para Vinícius Júnior por trás da zaga do Boavista. O jovem se deslocou sozinho e deu apenas um leve desvio para tirar as chances do goleiro Rafael e marcar seu terceiro tento no Campeonato Carioca. Com isso, ele virou o artilheiro do clube na competição.

A vitória rendeu o título da Taça Guanabara ao Flamengo de forma invicta. Assim, a equipe está classificada para a semifinal do Campeonato Carioca de forma antecipada e jogará por um empate na tentativa de chegar na final do torneio.

Leia também: Brasileiros brilham em vitórias do Napoli e da Juventus no Campeonato Italiano

Classico paulista

No Morumbi, São Paulo e Santos se enfrentaram pela 8ª rodada do Campeonato Paulista. Os visitantes venceram com gol solitário do atacante Gabigol, que recentemente voltou a equipe após passagem na Europa. Os mandantes tiveram uma proposta mais ofensiva, de buscar o gol e dominar a posse de bola. O clube santista se limitava a defender, e apenas criava oportunidades no contra-ataque.

O Tricolor foi superior durante toda a primeira etapa e pressionou o time da baixada. A principal chance do time veio aos 29 minutos, com o peruano Cueva. O meia recebeu de Marcos Guilherme e chutou forte de perna direita. Vanderlei fez belo salto e manteve o zero no placar, que persistiu até o intervalo.

Leia também: Pai de Neymar ligou para presidente do Real para adiantar negócio, diz portal

No segundo tempo os contra-ataques do Santos finalmente deram resultado. Aos 9 minutos, Sasha levou a bola pela direita ate a linha de fundo e achou Gabigol com um passe rasteiro para a entrada da área. O canhoto ajeitou para a perna boa e finalizou com muita categoria, com muito mais jeito do que força. Sidão tentou pular, mas não alcançou.

Os torcedores de Flamengo e Santos podem comemorar os resultados deste domingo.

    Leia tudo sobre: Futebol