Tamanho do texto

O Flamengo terminou o ano com o maior numero de curtidas e seguidores nas redes sociais. Rubro-negro aumentou seus números em 16,7% em 2017

O Flamengo ultrapassou o Corinthians e se tornou o clube com mais seguidores somando todas as redes sociais . No início do ano, o rubro-negro tinha mais de um milhão de curtidas a menos, mas teve um crescimento de 16,7% e superou o time paulista em menos de 10 mil seguidores. Os cariocas lideram no Facebook , no Instagram e no Youtube , enquanto os rivais estão no topo do Twitter .

Leia também: Coutinho não jogará mais pelo Liverpool e já foca no Barcelona, segundo jornal

Diego comemora gol do Flamengo
Reprodução
Diego comemora gol do Flamengo

Ao longo de 2017, O IBOPE monitorou os clubes, que somaram juntos 15,8 milhões de novas inscrições em suas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e YouTube), um avanço de 14% referente ao ano anterior. Do total de novas inscrições, 50% (8 milhões) se concentraram em apenas cinco clubes: Flamengo (2,8 milhões), Corinthians (1,8 milhão), Palmeiras (1,3 milhão), São Paulo (1,2 milhão) e Grêmio (1 milhão).

O destaque fica com a equipe do Flamengo que registrou o maior volume de inscritos entre todos os clubes nacionais, um milhão a mais que o Corinthians, segundo clube com maior volume de novas inscrições no ano que passou. O time ainda obteve uma importante evolução em seu canal de YouTube, passando de pouco mais de 300 mil inscritos em janeiro para 730 mil em dezembro, um avanço de 143%. Em janeiro de 2017, os rubro negros tinham o 4º maior canal entre os clubes de futebol e encerraram o ano como o maior canal do segmento.

O Grêmio, atual campeão da Copa Libertadores da América, está entre os cinco maiores volumes de crescimento no último ano. Com 1 milhão de novas inscrições, o clube se consolidou como a equipe que mais evoluiu sua base de seguidores da região sul do país. Comparado com janeiro de 2017, o clube obteve mais de 18% de crescimento.

Leia também: Para Cavani, "aumentaram muitas coisas" em notícias sobre sua relação com Neymar

Quanto à evolução das plataformas, o ano passado foi especial para o desenvolvimento do Twitter. A plataforma foi a que mais cresceu entre os clubes de futebol monitorados. Com 7,8 milhões de novas inscrições nas contas das equipes de futebol, o montante de inscritos aumentou 22%, alcançando 42,6 milhões de seguidores das páginas dos times brasileiros.

O Instagram também obteve um avanço importante, superando o montante de novas inscrições do Facebook. A plataforma de fotos e vídeos registrou 3,3 milhões de novos inscritos nas contas oficiais dos clubes, o que resultou um crescimento de 31% entre janeiro e dezembro de 2017. Dentre as plataformas analisadas, o Facebook foi a que menos cresceu. Considerando todos os times, pouco mais de 3 milhões de novas inscrições foram registradas, o menor volume e variação de crescimento (4,6%) entre as quatro principais plataformas.

O YouTube foi a plataforma que registrou o menor volume de novos inscritos, mas obteve uma evolução de 66,3% na comparação de janeiro com dezembro, a maior variação de crescimento entre as plataformas analisadas.

O ranking

Veja abaixo o levantamento com a evolução geral de 2017 dos 10 maiores clubes:

Flamengo lidera ranking de clubes nas redes sociais
Divulgação/IBOPE
Flamengo lidera ranking de clubes nas redes sociais

O levantamento é divulgado mensalmente pelo IBOPE Repucom e tem o objetivo de acompanhar o desenvolvimento das bases digitais dos 40 clubes com o maior número de seguidores do país. Para ver o ranking completo, clique no link .

Leia também: Destaque na França, zagueiro brasileiro entra nos planos do Barcelona

Será que o Flamengo continuará sendo líder dos clubes de futebol nas redes sociais em 2018?

    Leia tudo sobre: Futebol