Tamanho do texto

Aos 35 anos, Kaká já havia decidido não renovar seu contrato com o Orlando City e, agora, confirma a aposentadoria como jogador

Kaká disse adeus aos gramados neste final de semana. Segundo informações da agência Ansa, o agora ex-jogador disse à imprensa que havia tomado a decisão de se aposentar dos gramados e buscar um futuro ainda no futebol, mas em outra função. 

Leia também: Peladona, Neymar, mortes, polêmica... as notícias campeãs de audiência de 2017

Kaká anunciou saída do Orlando City em outubro e, agora, decide se aposentar dos gramados
Reprodução
Kaká anunciou saída do Orlando City em outubro e, agora, decide se aposentar dos gramados


"Muito consciente, cheguei à conclusão de que é o momento de encerrar a minha carreira como jogador profissional. Agora vou me preparar para exercer outra função no futebol. A minha palavra final é que o ciclo da minha carreira como jogador profissional se encerra aqui", afirmou Kaká

A decisão pela aposentadoria já era sondada desde meados de outubro, quando, em entrevista coletiva no Orlando City, disse que não iria renovar seu vínculo com o time dos Estados Unidos para a temporada 2018. O brasileiro firmou contrato que durou três anos com a equipe e virou grande ídolo em campo. O vínculo se encerraria neste ano e, então, o meia decidiu que não seguiria no elenco. 

Times frustrados com a aposentadoria do meia

A opção pela não renovação chegou a animar torcedores de outros times. Na Itália, o Milan, segundo a Ansa, chegou a sondar o ex-jogador. Foi com ele em campo que o time italiano conquistou o mais recente título da Liga dos Campeões da Europa e era um sonho contar mais uma vez como meia. 

Por aqui, são-paulinos também chegaram a sonhar. Em 2014, logo após assinar com o Orlando City, o atleta voltou ao Brasil e fez uma temporada no São Paulo. Pouco depois da coletiva na qual ele anunciou que não seguiria nos Estados Unidos, o presidente tricolor foi questionado sobre uma possível volta do ídolo ao Morumbi. Na ocasião, após uma vitória sobre o Atlético-PR quando o São Paulo ainda lutava para escapar do rebaixamento, Leco tentou desconversar, mas acabou dizendo que as portas estavam abertas . "Se for possível que ele venha, se ele desejar, o São Paulo também deseja", falou Leco naquele momento. 

Futuro fora de campo

Mas o futuro de Kaká, que fez carreira no São Paulo, Milan e Real Madrid, além do Orlando City e foi eleito o melhor do mundo em 2007, ano que foi campeão da Liga com o Milan, será no futebol, mas fora dos gramados. 

    Leia tudo sobre: futebol