Tamanho do texto

Técnico exaltou time do Real Madrid, mas lembrou que a equipe gaúcha só levou o gol e acabou derrotada por causa de uma falha dos jogadores

O Grêmio foi derrotado por 1 a 0 para o Real Madrid neste sábado (16) na final do Mundial de Clubes da Fifa , mas nem por isso deve sair dos Emirados Árabes com a cabeça baixa. É isso que afirmou o técnico Renato Gaúcho em conversa com a imprensa depois da derrota na decisão do torneio em Abu Dhabi. 

Leia também: Com gol de Cristiano Ronaldo, Real vence Grêmio e fatura o Mundial de clubes

Renato Gaúcho dá orientações ao time do Grêmio na final do Mundial de Clubes
Fotos Públicas
Renato Gaúcho dá orientações ao time do Grêmio na final do Mundial de Clubes


Apesar do placar magro, o time de Cristiano Ronaldo e companhia pressionou e dominou a partida e foi elogiado pelo técnico gaúcho, que também defendeu a atuação de seus comandados. "Eles têm uma seleção e mesmo assim minha equipe jogou, buscou. Mas como eu falo, do outro lado está uma máquina, uma potência, uma seleção. É por isso que o meu grupo tem que sair de cabeça erguida", disse o Renato Gaúcho depois da partida. 

Gol na falha gremista

O gol da vitória do Real Madrid saiu em uma cobrança de falta de Cristiano Ronaldo aos sete minutos do segundo tempo de jogo. O português bateu forte, mas quase rasteiro, e a bola passou pelo meio da barreira e foi parar no fundo da rede do gol de Marcelo Grohe. 

Na conversa com os jornalistas, Renato citou que o gol só saiu graças a uma falha de seu time. "Sabíamos que do outro lado haveria uma equipe muito forte e mesmo assim perdemos em uma cobrança de falta, em uma falha nossa. O torcedor tem que estar orgulhoso, porque esse grupo fez muito esse ano”. 

Leia também: "Férias" fazem bem, e Neymar comanda goleada na volta ao PSG

Destaques do jogo

Apesar da derrota e da pressão sofrida em campo, o Grêmio teve alguns destaques, como o goleiro Grohe e o zagueiro Pedro Geromel. O arqueiro salvou algumas jogadas e Geromel parou jogadas que eram de chances real para o time merengue. 

Marcelo Grohe defende jogada de Benzema no primeiro tempo da final do Mundial de Clubes
Reprodução/Twitter/@realmadrid
Marcelo Grohe defende jogada de Benzema no primeiro tempo da final do Mundial de Clubes


Também depois da partida, o zagueiro comentou a atuação da equipe gaúcha e seu desempenho. "Todo mundo fez o melhor. O trabalho começa lá na frente, com os atacantes defendendo. Tive sucesso graças ao empenho do grupo todo", afirmou. 

Leia também: Palmeiras fecha com Weverton e exalta lado "pegador de pênalti" do goleiro

Geromel também fez coro com Renato Gaúcho e se disse orgulhoso pela temporada do Grêmio. "Temos orgulho. Infelizmente não conseguimos nosso objetivo, que era ser campeão, mas o grupo todo está de parabéns pelo trabalho maravilhoso, deu o melhor de si”. 

    Leia tudo sobre: futebol