Tamanho do texto

São 80 times e 40 jogos na primeira fase da competição mata-mata, sendo que outras 11 equipes entram a partir das oitavas de final, totalizando 91

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sorteou nesta sexta-feira os confrontos da primeira fase da Copa do Brasil 2018, que contará com 91 equipes em sua 30ª edição. O início da competição está marcado para o dia 31 de janeiro, uma quarta-feira, com os dois jogos da decisão agendados para os dias 10 e 17 de outubro do ano que vem.

Leia também: Investigado desde 2015, Marco Polo Del Nero é suspenso pela Fifa por 90 dias

Copa do Brasil de 2018 não terá mais a regra do gol de visitante qualificado
LUCAS FIGUEIREDO/CBF
Copa do Brasil de 2018 não terá mais a regra do gol de visitante qualificado

80 clubes participam desta primeira fase da Copa do Brasil . As outras 11 equipes acessam a competição diretamente nas oitavas de final: Cruzeiro, Palmeiras, Grêmio, Santos, Corinthians, Flamengo, Vasco e Chapecoense (que vão jogar a Libertadores); Bahia (campeão da Copa do Nordeste 2017); Luverdense (campeão da Copa Verde 2017); e América-MG (campeão da Série B 2017).

Confira os jogos:

Globo-RN x Vitória-BA

Santos-AP x Sport-PE

Caxias-RS x Atlético-PR

Madureira-RJ x São Paulo-SP

Caldense-MG x Fluminense-RJ

Boavista-RJ x Internacional-RS

Aparecidense-GO x Botafogo-RJ

Nacional-AM x Ponte Preta-SP

Atlético-AC x Atlético-MG

Parnahyba-PI x Coritiba-PR

São Caetano-SP x Criciúma-SC

Novo Hamburgo-RS x Paysandu-PA

Ceilândia-DF x Avaí-SC

Altos-PI x Atlético-GO

URT-MG x Paraná-PR

Treze-PB x Figueirense-SC

Itabaiana-SE x Joiville-SC

Brusque-SC x Ceará-CE

Sinop-MT x Goiás-GO

Fluminense-BA x Santa Cruz-PE

Inter de Limeira-SP x Rio Branco-AC

Uberlândia-MG x Ituano-SP

Aimoré-RS x Cuiabá-MT

Tubarão-SC x América-RN

Ferroviário-CE x Confiança-SE

Floresta-CE x Botafogo-PB

Manaus-AM x CSA-AL

Corumbaense-MS x Asa-AL

Novoperário-MS x Salgueiro-PE

Atlético-ES x Remo-PA

São Raimundo-RR x Vila Nova-GO

Vitória da Conquista-BA x Boa Esporte-MG

Brasiliense-DF x Oeste-SP

Cordino-MA x Náutico-PE

Real Ariquemes-RO x Londrina-PR

Independente-PA x Sampaio Correa-MA

Interporto-TO x Juventude-RS

Dom Bosco-MT x CRB-AL

Nova Iguaçu-RJ x Bragantino-SP

Cianorte-PR x ABC-RN

O sorteio

No sorteio, os oitenta times classificados foram distribuídos em oito potes de 10 clubes cada, identificados de A a H. Na primeira fase, em jogo único, os integrantes do Grupo 1 (potes A, B, C e D) jogam fora de casa e com a vantagem do empate contra os do Grupo 2 (potes E, F, G e H). Dos 80, os dez clubes melhores posicionados no Ranking da CBF farão parte do Pote A; os dez seguintes, do Pote B; os próximos dez, do Pote C; e assim sucessivamente até se formar o Pote H.

Leia também: Esposa de Lucho González acusa jogador de tentativa de homicídio

Os confrontos serão entre clubes dos potes da seguinte maneira: A x E, B x F, C x G e D x H. Um pote com 10 bolas, numeradas de 1 a 10, definirá em qual das 10 chaves do Diagrama da Competição cada clube se posicionará. O mando de campo da Segunda Fase também será estabelecido no sorteio de sexta-feira (15). Através do Diagrama das Fases, o vencedor de cada grupo saberá previamente se atuará como mandante ou visitante na Fase 2.

Novidades no Regulamento

O REC (Regulamento Específico da Competição) conta com duas novidades em relação ao de 2017. Com o formato mantido, o torneio não contará com o gol qualificado em nenhuma das fases - em outras palavras, os gols marcados na casa do adversário não valem mais como critério de desempate. Outra mudança que atende ao pedido dos clubes é a data limite para inscrição de jogadores, que foi ampliada do dia 24 de abril para 30 de julho, antes das quartas de final.

Leia também: História do Real Madrid diante de times brasileiros e do Grêmio contra europeus

Prêmio recorde

Em termos de premiação por desempenho, a Copa do Brasil será a principal competição a partir de 2018. Serão R$ 50 milhões destinados ao campeão, outros R$ 20 milhões ao vice-campeão, R$ 8 milhões aos clubes semifinalistas, além de R$ 4 milhões pela participação nas quartas de final, valores sem precedentes na América do Sul. Somando as cotas das fases anteriores ao prêmio pelo título, o campeão pode faturar até R$ 68,7 milhões, considerando que participe desde a primeira fase.

    Leia tudo sobre: Futebol