Tamanho do texto

Ex-goleiro que iniciou a carreira como treinador no São Paulo nesta temporada irá comandar o tricolor cearense na Série B em 2018

Rogério Ceni é o novo técnico do Fortaleza . Aos 44 anos, o ex-goleiro comandará a equipe a partir de janeiro e firmou contrato de um ano, nesta sexta-feira. Sendo assim, o ídolo do São Paulo terá sua segunda experiência como treinador, já que comandou o próprio time paulista de janeiro a julho deste ano e saiu com aproveitamento de 49,5% de aproveitamento, sendo 37 jogos, 14 vitórias, 13 empates e dez derrotas.

Leia também: Neymar se irrita com notícias sobre situação no PSG e chora após Tite o defender

Rogério Ceni será o técnico do Fortaleza na Série B de 2018
Reprodução
Rogério Ceni será o técnico do Fortaleza na Série B de 2018

Em 2018, ano do seu centenário, o Fortaleza disputará a Série B após ascender da terceira divisão do Campeonato Brasileiro neste ano, sendo vice-campeão. No clube, Rogério Ceni reencontrará o ex-companheiro de São Paulo Bosco, preparador de goleiros do tricolor cearense.

Ceni havia visitado a sede do clube recentemente em passagem pelo estado e conversado justamente com Bosco. A proposta oficial foi feita na última terça-feira pelo presidente do Fortaleza, Marcelo Paz. Na quarta, o mandatário revelou o desejo de contar com o ex-arqueiro e campeão do mundo publicamente, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo .

Leia também: Paulinho desabafa: "Achavam que seria impossível eu ir à seleção e ao Barcelona"

“Ceni é um grande nome, muito interessante pela história e pelo currículo e agora o que a gente precisa é verificar as necessidades e possibilidades do clube”, que assumiu a presidência na terça, após a renúncia de Luis Eduardo Girão.

História

Prestes a completar 100 anos, o Fortaleza nunca conquistou o Campeonato Brasileiro, mas foi vice em duas ocasiões: 1960 e 1968. No Ceará, conquistou o estadual 41 vezes, três a menos que o Ceará, principal rival e maior campeão. Na Série C de 2017, ficou com o vice após ser superado pelo CSA de Alagoas.

Leia também: Confira as vezes em que a Itália não participou de uma Copa do Mundo

Rogério Ceni, por sua vez, é o maior ídolo da história do São Paulo e conquistou todos os títulos possíveis, entre eles, três do Brasileirão, duas Copas Libertadores, Dois Mundiais e três estaduais. Com a seleção brasileira, esteve na campanha do penta em 2002.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.