Tamanho do texto

Imprensa peruana explica que a Benzoilecgonina, possível substância encontrada na urina do jogador, é o principal metabólico para cocaína

Paolo Guerrero será desfalque no Flamengo e na seleção peruana por 30 dias depois de ter sido pego no exame antidoping . Apesar do resultado positivo, médico do time do Peru isenta qualquer culpa da equipe. 

Leia também: Guerrero testou positivo para estimulante em exame antidoping, diz CBF

Após doping, Paolo Guerrero está fora de jogos do Flamengo e da seleção do Peru
Divulgação
Após doping, Paolo Guerrero está fora de jogos do Flamengo e da seleção do Peru


Em entrevista à Rádio Nacional compartilhada em diversos jornais peruanos, Julio Segura, responsável pela comissão médica do Peru, afirmou que Paolo Guerrero ingeriu remédios antes da partida na qual foi pego no exame - no dia 5 de outubro, entre Peru e Argentina -, mas que isso não daria resultado positivo. 

"Paolo esteve com um processo gripal, inclusive terminou com uma traqueíte (inflamação na traqueia), mas pudemos recuperá-lo graças ao seu esforço. Recebeu medicamentos, antibióticos e analgésicos. Medicamentos que não têm nenhum problema com dopagem", afirmou o médico. 

Segura também isenta a comissão da seleção peruana de qualquer culpa no caso. "Na seleção, sabemos o que é controle antidoping. Portanto, não usamos substâncias que produzam doping", falou ele, que ainda lamentou que o jogador tenha sido flagrado no exame. "Mas estou certo que não houve problema nenhum de nossa parte", completou. 

Leia também: Flamengo se vê forte para semi da Sul-Americana após classificação emocionante

Substância ligada à cocaína

Reportagem pubilcada no site do jornal peruano "RPP Noticias" na noite de sexta-feira (3) dá detalhes do que é Benzoilecgonina, substância encontrada na urina de Guerrero. A informação sobre a substância foi confirmada pelo jornal "O Globo" e chamou a atenção da imprensa.

O médico Elmer Huertas afirma ao veículo peruano que a Benzoilecgonina é um composto usado na maioria dos exames de urina para detectar o consumo de cocaína. "Essa é a primeira substância na qual a cocaína se desdobra quando entra no corpo. Quando a pessoa usa a droga, ou toma um chá de coca, a cocaína passa pelo fígado e lá de desdobra, e o produto principal que resulta disso é a Benzoilecgonina, que aparece na urina", detalha o médico. "Em todo o mundo, para saber de pessoa teve contato com cocaína, é feita uma prova para Benzoilecgonina", completa. 

Até a noite de sexta-feira, nem a Fifa e nem a Conmebol haviam dados mais detalhes sobre o exame do jogador. Paolo Guerrero segue sob investigação e, por enquanto, cumpre suspensão de 30 dias e, com isso, está fora da repescagem da Copa do Mundo pela seleção do Peru e também de jogos do Flamengo na semifinal da Copa Sul-Americana


    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.