Tamanho do texto

Com gol de Lucca, a Ponte superou o Corinthians, que pode ver o Palmeiras encostar ainda mais na tabela; Flu x Bahia e CAM x Bota ficaram no empate

Três jogos agitaram a 31ª rodada do Campeonato Brasileiro na tarde deste domingo. No principal deles, o líder Corinthians foi superado pela Ponte Preta , no Moisés Lucarelli, por 1 a 0, e chega ao quarto jogo consecutivo sem vitória. No Maracanã, Fluminense e Bahia ficaram no empate por 1 a 1, assim como Atlético-MG e Botafogo , que não inauguraram o placar em duelo no Independência.

Leia também: Girona surpreende e vence o Real Madrid em 1º jogo entre os times na história

Jogadores da Ponte Preta comemoram gol de Lucca que deu vitória sobre o CorinthiansP
Reprodução
Jogadores da Ponte Preta comemoram gol de Lucca que deu vitória sobre o CorinthiansP

O gol do time campineiro foi marcado por Lucca, emprestado pelo Corinthians , no final do primeiro tempo. A equipe do Parque São Jorge segue na liderança com os mesmos 59 pontos, mas a vantagem, que já foi de nove pontos, pode cair para três, caso o Palmeiras vença o Cruzeiro em partida que acontece nesta segunda-feira na capital paulista. A Ponte, por sua vez, deixa a zona de rebaixamento momentaneamente com 35 pontos. 

O empate no Maracanã não foi bom nem para cariocas e nem para baianos. Os dois chegam aos 39 pontos e ficam a quatro da zona da degola. O Botafogo, com um jogo a mais que o Cruzeiro, subiu para a quinta colocação, com 48 pontos, já o Atlético-MG permanece na décima, agora com 42 pontos.

Os jogos

O primeiro tempo no Moisés Lucarelli foi fraco e com poucas chances de gol, principalmente pelo lado do Corinthians. Na Ponte, Danilo tentou aos 11 minutos e assustou Cássio. Aos 22, Fagner cruzou e na hora do cabeceio Pablo e Jô se enrolaram e perderam a chance de marcar. Cássio apareceu aos 27 para evitar gol da ponte em cabeceio de Rodrigo.

Cinco minutos depois, a melhor chance corintiana veio com Gabriel após bate e rebate na área, mas o volante chutou desequilibrado e acertou no travessão de Aranha. Aos 39, em boa jogada pela esquerda e cruzamento de Jeferson, Lucca apareceu sozinho atrás da marcação e cabeceou firme no canto direito de Cássio para abrir o placar em Campinas.

Leia também: Entre amigos! De folga, Neymar visita Barcelona e posa com Messi e Suárez

No segundo tempo, o Corinthians voltou melhor, mas a efetividade que credenciou o time a estar onde está não apareceu, assim como nos últimos jogos. A Ponte passou a jogar nos contra-ataques, mas a parte física pesou e os campineiros não assustaram Cássio. As boas chances corintianas, com Rodriguinho e Jô, pararam nas mãos de Aranha, que segurou a vitória da Macaca em Campinas.

Independência

A partida começou animada entre Atlético-MG e Botafogo e logo aos quatro Gatito salvou com os pés após chute de Otero que desviou em um defensor. Mas foi só, nenhum dos dois times conseguiu criar chances de gol e o jogo foi muito parado pela arbitragem.

Atlético-MG e Botafogo não balançaram as redes do Independência
Reprodução
Atlético-MG e Botafogo não balançaram as redes do Independência

No tempo regulamentar, a primeira boa chance foi aos 16 minutos, com Otero, que chutou e assustou Gatito. Aos 29, o Botafogo teve a chance de abrir o placar com Guilherme, mas o atacante finalizou em cima de Victor. Na parte final da partida, Rafael Moura, em jogada individual, acertou a trave e quase fez. O atacante tentou mais uma na pressão feita pelo Atlético, mas cabeceou para fora. Fim de jogo sem gols no Independência.

Maracanã

No jogo entre dois times que ainda lutam contra o rebaixamento, o Bahia começou melhor e abriu o placar logo aos dois minutos, com Edigar Junio. Atrás e jogando em casa, o Fluminense foi pra cima e em um dos muitos cruzamentos, a zaga baiana falhou e permitiu que Gustavo Scarpa empatasse aos 31. Jean ainda fez duas boas defesas, mas foi só no primeiro tempo.

Fluminense e Bahia ficaram no empate no Maracanã
MAILSON SANTANA/FLUMINENSE
Fluminense e Bahia ficaram no empate no Maracanã

Leia também: Grupo pró-Estado Islâmico usa Messi e Neymar em nova ameaça à Copa

As primeira boas chances do segundo tempo vieram no início. Sornoza obrigou Jean a fazer bela defesa após cobrança de falta aos 10. Um minuto depois, Matheus Sales bateu cruzado e assustou Diego Cavalieri. Logo depois, o Fluminense quase fez contra em falta cobrada por Juninho. A partida ficou amarrada e nenhum dos dois times conseguiu criar chances de gol. Aos 50, o árbitro apitou o fim do jogo.

Próximos jogos

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, em casa, para enfrentar o Palmeiras. O jogo pode marcar uma mudança na liderança do Brasileirão após muitas rodadas, isso se o Palmeiras derrotar o Cruzeiro e o rival. A Ponte enfrenta o Bahia, na Fonte Nova, no mesmo dia, Botafogo e Fluminense jogam no Engenhão, no sábado, assim como o Atlético-MG, que vai até a Vila Belmiro para encarar o Santos.

    Leia tudo sobre: futebol