Tamanho do texto

Equipe da Baixada Santista superou o líder do Brasileirão com gols de Lucas Lima e Ricardo Oliveira; veja outros resultados de jogos deste domingo

O Santos recebeu o Corinthians na Vila Belmiro, na tarde deste domingo, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro , e venceu por 2 a 0. A equipe da Baixada Santista encerrou o jejum jejum de quatro jogos sem vitórias no nacional, enquanto o time do Parque São Jorge conheceu sua terceira derrota nos últimos quatro jogos, a segunda consecutiva.

Leia também: Cinza com laranja: Confira detalhes da nova terceira camisa do Corinthians

Os gols do Santos foram marcados por Lucas Lima e Ricardo Oliveira, ambos na segunda etapa. A partida santista foi muito segura diante do melhor time do campeonato e quase não correu perigo durante os 90 minutos.

Lucas Lima marcou o primeiro do Santos na vitória sobre o Corinthians
Reprodução
Lucas Lima marcou o primeiro do Santos na vitória sobre o Corinthians

O time comandado por Levir Culpi agora soma 41 pontos, na terceira posição, mas diminui a vantagem do líder de 12 para nove pontos. Carille, por sua vez, mesmo com a ótima vantagem sobre o Grêmio, vice-líder, de sete pontos, precisa ajustar algumas coisas, já que a equipe que passou o primeiro turno inteiro sem perder conhece sua terceira derrota em um intervalo pequeno.

O jogo

A primeira boa chegada do Santos foi aos sete minutos, com chute de fora da área de Renato que obrigou Cássio a se esticar e defender. Na cobrança de escanteio, Lucas Lima cobrou no primeiro pau e Ricardo Oliveira desviou. O goleiro corintiano agiu no reflexo e evitou primeiro gol do Santos.

Com 22 minutos, o zagueiro santista Gustavo Henrique, que retornou a pouco tempo de lesão grave no joelho esquerdo, se chocou com Jô e colocou a mão onde foi operado no ano passado. Chorando, o jovem foi substituído por Luiz Felipe, que também retorna de lesão e cirurgia no joelho.

Aos 29, Victor Ferraz cobrou falta pela ponta esquerda, a bola atravessou toda a área e Copete se esticou, mas não conseguiu tocar nela. Aos 42, Ricardo Oliveira recebeu de Lucas Lima e, dentro da área, o atacante chutou, mas Cássio defendeu.

Um minuto depois, Zeca construiu bela jogada com Bruno Henrique, que cruzou rasteiro na medida para Ricardo Oliveira. Livre, o camisa 9 chutou de primeira, mas em cima do Cássio, que defendeu e evitou o primeiro gol. Um lance que o atacante santista não costuma errar. O árbitro apitou o fim da partida aos 48 minutos, com o Santos melhor e mais próximo do gol.

A primeira boa chance do segundo tempo foi com Alison, logo aos dois minutos. O volante recebeu com espaço fora da área, avançou e arriscou, mas a bola saiu, assustando o goleiro corintiano. Dois miinutos depois, nova chance santista em escanteio, mas Cássio defendeu cabeçada de Ricardo Oliveira.

Com cinco minutos, o Corinthians chegou com perigo pela primeira vez no jogo. Em uma jogada sem querer, a bola sobrou livre para Romero dentro da área. O paraguaio chutou forte, mas em cima de Vanderlei, que atento, evitou o gol corintiano.

Leia também: Árbitra apita jogo da elite do futebol alemão pela primeira vez

O segundo tempo começou muito agitado. Aos seis minutos, Bruno Henrique puxou contra-ataque pela esquerda, deixou Pablo no chão e tocou para trás buscando Lucas Lima, mas Gabriel conseguiu cortar. Um minuto depois, Fagner cruzou da direita e Jô cabeceou, a bola foi por cima, mas assustou Vanderlei.

Jô não se encontrou na Vila Belmiro e Lucas Veríssimo foi fantástico no clássico alvinegro
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Jô não se encontrou na Vila Belmiro e Lucas Veríssimo foi fantástico no clássico alvinegro

Aos 12 minutos, Bruno Henrique disparou pela direita com muita velocidade, tirou fácil de Fagner, que ficou na saudade, e cruzou na direção de Ricardo Oliveira. Pablo conseguiu tirar, mas a bola ficou livre para Lucas Lima. O camisa 10 chegou e estufou as redes de Cássio para abrir o placar na Vila Belmiro.

Três minutos depois, Ricardo Oliveira tabelou com Thiago Ribeiro e saiu sozinho na cara de Cássio. O atacante chutou na saída do goleiro corintiano e fez. Quando ele estava comemorando, no entanto, o árbitro assinalou impedimento após Tatiane Barros levantar a bandeira. A assistente demorou para marcar porque esperou o Pastor dominar a bola.

A partir de então o Corinthians passou a dominar o jogo e o Santos a apostar nos contra-ataques. Entretanto, nenhuma das duas equipes foram efetivas em suas propostas. Somente aos 40 minutos o escrete santista chegou com perigo. Bruno Henrique, mais uma vez, arrancou pela esquerda e tocou para Ricardo Oliveira, que tentou cruzar para Thiago Ribeiro, mas a bola acabou atravessando toda a área corintiana.

Aos 47, Santos saiu novamente muito rápido em contra-ataque com Bruno Henrique, que recebeu passe de Lucas Lima e avançou livre. Ele tocou para Ricardo Oliveira que só precisou empurrar para o fundo das redes, fazer o segundo e matar o jogo na Vila Belmiro lotada. Festa na Baixada Santista com o apito do árbitro aos 49.

Ficha técnica

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique (Luiz Felipe) e Zeca; Renato, Alison (Leandro Donizete) e Lucas Lima; Copete (Thiago Ribeiro), Bruno Henrique e Ricardo Oliveira.
Técnico: Levir Culpi.

Corinthians: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel (Giovanni Augusto); Gabriel (Camacho), Maycon, Rodriguinho, Jadson e Ángel Romero (Clayson); Jô.
Técnico: Fábio Carille.

Outros resultados

Jogando em casa, o Vitória recebeu o Fluminense com a necessidade da Vitória para sair da zona de rebaixamento. A equipe comandada por Vagner Mancini começou melhor e saiu na frente com Neilton. O Fluminense, porém, virou no segundo tempo com gols de Wendel e Henrique Dourado. Já nos acréscimos, com um homem a mais após Robinho estrear e ser expulso um minuto depois, Kanu conseguiu empatar. Final: Vitória 2 x 2 Fluminense.

Na Ilha do Retiro, o Sport, que vinha de goleada para o Grêmio, recebeu um Avaí ameaçado pelo rebaixamento e não conseguiu sair da crise. Com gol de Júnior Dutra ainda no primeiro tempo, a equipe catarinense venceu por 1 a 0 e deixou o z4 após três meses.

Sport e Avaí jogaram na Ilha do Retiro e a equipe catarinense se deu melhor
Williams Aguiar/Sport Club do Recife
Sport e Avaí jogaram na Ilha do Retiro e a equipe catarinense se deu melhor

Leia também: Em revista da Fifa, Gabriel Medina abre o jogo sobre surfe e futebol

O Santos agora volta suas atenções para a Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, a equipe vai até Guaiaquil para enfrentar o Barcelona, pelo primeiro jogo das quartas de final da competição sul-americana. Pelo Brasileiro, o time enfrentará o Botafogo, no sábado, 16, fora de casa. O Corinthians enfrentará o Vasco, no domingo, 17, em sua Arena. Antes, nesta quarta, receberá o Racing, da Argentina, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.