Tamanho do texto

Wagner do Nascimento Magalhães, de 38 anos, tinha dificuldade para se comunicar em campo e decidiu se arriscar em outra área para melhorar

O árbitro é a maior autoridade de uma partida de futebol e, por isso, é necessário que ele tenha um bom preparo físico, qualidade técnica e saiba se relacionar e se impor em campo. Mas para Wagner do Nascimento Magalhães, integrante do quadro Fifa , justamente se comunicar era um problema. Foi aí que ele decidiu se arriscar em outra área para melhorar: o teatro .

Leia também: A fila anda! Longe dos gramados, Adriano Imperador tem vida amorosa bem agitada

"Em meados de 2015, fui orientado a procurar um curso de teatro para me ajudar na arte corporal. Era muito tímido, ainda sou um pouco, mas era muito travado dentro de campo. Em cursos que participava, eu fala muito pouco. Hoje em dia procuro participar mais, interagir na sala de aula, e no campo é a mesma coisa", afirmou o árbitro de 38 anos ao site da Confederação Brasileira de Futebol .

O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães usa o teatro para perder a timidez
CBF/Leandro Lopes
O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães usa o teatro para perder a timidez

Leia também: Neymar faz comentário sobre presidente do Barcelona: "Ele é uma piada"

"Vejo que tenho uma postura muito melhor no campo atualmente, na arte corporal, que ajuda muito na marcação de uma falta, por exemplo, para se aproximar do jogador... Esse curso facilitou muito. Às vezes, em um gesto que eu faço, o jogador já muda de ideia sobre a atitude que tomaria. É algo que me ajudou e ajuda muito", acrescentou.

Curso da Fifa

Wagner do Nascimento Magalhães também falou sobre as atividades físicas desenvolvidas no curso da Fifa que está sendo realizado em Águas de Lindóia, interior de São Paulo, o qual ele passou com tranquilidade nos testes físicos - as atividades na cidade seguem até a próxima sexta-feira.

Leia também: Copa 2018 já tem oito seleções classificadas; veja o balanço das Eliminatórias

"Tivemos o teste físico no primeiro dia, onde todos os árbitros do quadro da Fifa foram aprovados. Na sequência, acompanhamos uma apresentação na sala de aula e treinos práticos no campo de jogo, que simulam situações que acontecem em uma partida de futebol. Todas atividades que agregam muito aos árbitros brasileiros", finalizou o árbitro.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.