Tamanho do texto

Presidente do Olympique de Marseille assumiu interesse no atacante, que deseja voltar ao Atlético de Madri após ser afastado por Conte no Chelsea

Fora dos planos do Chelsea , o atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa despertou o interesse do Olympique de Marseille , da França. A informação foi dada pelo próprio presidente do clube, Jacques-Henri Eyraud.

Leia também: Barcelona cobra R$ 31,5 milhões de Neymar por danos e prejuízos ao clube

O jogador de 28 anos foi afastado em junho do clube inglês pelo técnico italiano Antonio Conte , após receber uma mensagem de texto informando que não permaneceria no Chelsea. Com isso, Diego Costa despertou o interesse de diversos clubes.

Diego Costa não jogará mais no Chelsea e tem despertado interesse de vários clubes
Divulgação
Diego Costa não jogará mais no Chelsea e tem despertado interesse de vários clubes

"Eu gosto dele, como luta em campo, e ele poderia ir bem no Olympique. Ele tem uma complicação contratual. Mas se ele estiver interessado, então podemos chegar aos 30 milhões de euros (R$ 111 milhões). Nada é impossível", disse o presidente em entrevista à emissora francesa "SFR Sports" nesta terça-feira.

Leia também: PSG está próximo de contratar dois jogadores do Monaco: Mbappé e Fabinho

No entanto, Eyraud deu poucos detalhes sobre a negociação. "Não costumo falar muito sobre as discussões que estamos tendo. Desde que assumi como presidente, evito ser como um treinador ou diretor esportivo", declarou.

Diego Costa tem contrato com o Chelsea até 2019, mas o desejo do jogador é retornar ao Atlético de Madri, onde já jogou e foi muito bem. Para isso, precisaria passar seis meses em outro clube devido à sanção da Fifa sobre o clube espanhol que não pode contratar até 2018. Após três rodadas, o Marseille ocupa a 5ª colocação no Campeonato Francês, com sete pontos somados.

Leia também: Rooney marca, mas Manchester City busca empate contra o Everton no Etihad

Carreira

Sergipano da cidade de Lagarto, Diego Costa se destacou jogando pelo Atlético de Madri, onde fez mais de 60 gols em 134 partidas oficiais. Antes de chegar ao Chelsea, em 2014, passou pelo também espanhol Rayo Vallecano por empréstimo e lá fez 10 gols em 16 jogos. No clube inglês, foram 71 tentos em 148 partidas. Lá conquistou a Copa da Liga Inglesa de 2014-15 e foi bi do Campeonato Inglês, em 2014-15 e 2016-17. 

Com o Atlético de Madri, onde teve contrato de sete anos, mas foi emprestado em algumas temporadas, conquistou o bi da Supercopa da Uefa, em 2010 e 2012, a Copa do Rei 2012-13 e o Campeonato Espanhol 2013-14.


    Leia tudo sobre: futebol