Tamanho do texto

Equipe catarinense sustentou o empate sem gols diante do Urawa Red Diamonds até o fim do jogo, mas foi castigada

Chapecoense enfrentou o Urawa Red Diamonds no Japão, pela Copa Suruga, e perdeu por 1 a 0
Twitter/Reprodução
Chapecoense enfrentou o Urawa Red Diamonds no Japão, pela Copa Suruga, e perdeu por 1 a 0

Não deu para Chapecoense no Japão. Na manhã desta terça-feira, na cidade de Saitama, o time catarinense foi derrotado pelo Urawa Red Diamons por 1 a 0, gol anotado aos 48 minutos do segundo tempo, e deixou escapar o título da Copa Suruga . De quebra, a Chape perdeu também a chance de embolsar 200 mil dólares (R$ 637 mil) pelo título.

Leia também: Em dia de festa e volta de Alan Ruschel, Barça goleia Chape no Camp Nou

A Chapecoense disputou o torneio depois ter sido sagrada campeã da Copa Sul-Americana de 2016, em título dado pela Conmebol após o Atlético Nacional, da Colômbia, ceder a taça em decorrência da tragédia com o avião do clube, em novembro do ano passado, matando 71 pessoas.

O Urawa, atual campeão janponês, entrou em campo com dois brasileiros: o zagueiro Maurício, que deixou o futebol português em agosto e fez sua estreia, e o atacante Rafael Silva, que estava no Coritiba antes de se transferir para o Japão. Na atual temporada, o time ocupa apenas a oitava posição na J-League, 13 pontos a menos que o líder Kashima Antlers.

Leia também: Após eliminação, torcedores do América-RN destroem Arena das Dunas

Jogadores da Chapecoense reclamaram demais do pênalti marcado pela arbitragem
Divulgação
Jogadores da Chapecoense reclamaram demais do pênalti marcado pela arbitragem

Apesar de jogar fora de casa, a Chape fez um jogo de igual para igual, principalmente no segundo tempo, quando conseguiu criar algumas oportunidades. O time japonês também deu bastante trabalho à defesa brasileira e conseguiu marcar o gol da vitória após pênalti de Douglas Grolli cometido sobre Zlatan Ljubijankic, no finalzinho - Abe fez a batida nos acréscimos e decretou o triunfo dos anfitriões.

Os jogadores da equipe catarinense reclamaram bastante da marcação do árbitro e a batida demorou cinco minutos para acontecer, já que a infração aconteceu aos 43 minutos. Com Tulio de Melo e Wellington Paulista no ataque, a Chapecoense tentou empatar de todas as maneiras nos momentos finais do duelo, mas não conseguiu.

Leia também: Diego Costa revela que foi tratado como 'criminoso' no Chelsea

Após enfrentar Barcelona e Lyon na Europa e o Urawa Red Diamonds no Japão, a Chape retorna para a disputa do Campeonato Brasileiro, onde ocupa a zona rebaixamento com 22 pontos. O próximo compromisso é no domingo, contra o Palmeiras, no Allianz Parque. 

FICHA TÉCNICA

URAWA RED DIAMONDS 1 x  0 CHAPECOENSE

Local : Estádio de Saitama, Japão
Data : 15 de agosto de 2017, terça-feira
Horário : 07h00 horas (de Brasília)
Árbitro :  Hirai Tetsu (Coreia do Sul)
Assistentes : Yoon Kwang Yeol e Kim Young Ha (ambos Coreia do Sul)
Cartões amarelos : Grolli, Luiz Antônio (CHA); Rafael Silva (URA)

GOL
URAWA: Abe, aos 48' do 2º tempo

Urawa Red Diamonds : Enomoto; Moriwaki (Kikuchi), Maurício e Makino; Komai (Endo), Kashiwagi, Abe e Ugajin (Hirakawa); Muto (Nagasawa), Zlatan Ljubijankic (Onaiwu) e Rafael Silva. Técnico: Takafumi Hori.

Chapecoense : Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Moisés Ribeiro (Lucas Marques), Lucas Mineiro, Luiz Antônio (Luiz Otávio) e Penilla (Wellington Paulista); Arthur Caíke e Túlio de Melo. Técnico: Vinícius Eutrópio.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.