Tamanho do texto

Atacante brasileiro quer receber uma premiação pela sua renovação de contrato com o clube espanhol, realizada em outubro de 2016

Neymar deixou o Barcelona pela porta dos fundos e hoje é jogador do PSG, da França
AS / Reprodução
Neymar deixou o Barcelona pela porta dos fundos e hoje é jogador do PSG, da França

Depois de deixar o Barcelona pela porta dos fundos e acertar sua transferência ao PSG, o atacante Neymar agora estuda denunciar o clube espanhol na Fifa . O brasileiro exige o pagamento de 26 milhões de euros (cerca de R$ 95,4 milhões) referente à premiação acordada na renovação de contrato realizada em outubro de 2016, mas os catalães já avisaram que não vão desembolsar esse valor.

Leia também: Neymar traiu o Barça, mentiu e "chorou copiosamente" durante reunião

Segundo o Barça, a decisão de Neymar em deixar o time para jogar no futebol francês violou alguns pontos do acordo da renovação de vínculo até 2021, por isso o depósito do bônus foi suspenso. De acordo com o diário "Mundo Deportivo", o jogador deverá acionar a entidada e o caso será analisado pela Câmara de Resolução de Disputas.

Leia também: Espanhóis não sabem perder! Neymar é chamado de mercenário após ida ao PSG

"Esses 26 milhões de euros foram depositados em juízo e aguardando saber se o jogador permaneceria no Barça", disse uma fonta do Barça em entrevista à "AFP". De acordo com a imprensa espanhola, o jogador brasileiro mentiu para o clube catalão, juntamente com seu pai, traindo muitas pessoas que fazem parte do dia a dia do time. E mais do que isso: chorou copiosamente durante reunião com digigentes do clube, dias antes de ser confirmada sua venda.

Leia também: Barcelona notifica Uefa sobre venda de Neymar: "Nenhum jogador está acima"

Além disso, o novo reforço do PSG ainda espera que a Liga Espanhola envie o certificado de transferência internacional à Liga Francesa. Sem esse documento, ele segue impedido de poder fazer sua estreia com a camisa do clube de Paris, que deve acontecer no próximo final de semana, domingo, diante do Guingamp.

Saída ainda não digerida

Neymar deixou o Barcelona após o PSG pagar a multa rescisória de 222 milhões de euros (algo em torno de R$ 815 milhões). Em um evento com sócios do time catalão, o presidente Josep Maria Bartomeu afirmou que a saída do craque "não foi das melhores" e que o clube notificou a Uefa por conta do alto valor da negociação.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas