Tamanho do texto

Seleção principal de Djibouti não consegue ter resultados expressivos dentro do futebol, por isso acabou sendo dissolvida pela federação local

Seleção principal de futebol de Djibouti foi dissolvida por conta dos resultados ruins
Reprodução
Seleção principal de futebol de Djibouti foi dissolvida por conta dos resultados ruins

A Federação de Futebol de Djibouti (FDF) tomou uma atitude drástica, surpreendente e inusitada para acabar de vez com os resultados ruins da sua seleção principal, que atualmente ocupa a 185ª posição no ranking da Fifa: resolveu dissolver a equipe nacional.

Leia também: Site inglês elege as camisas mais bonitas de 2017 e Flamengo fica em segundo

De acordo com um comunicado oficial divulgado pela federação do país africano, os dirigentes do futebol local vão se focar apenas nas categorias de base, já que "os consecutivos maus resultados da seleção principal não acabam nunca".

Esta surpreendente decisão acontece alguns dias depois da goleada por 5 a 1 sofrida diante da Etiópia, em partida válida pela fase de qualificação da Copa Africana das Nações. "Como a equipe principal não tem bons resultados, vamos dar atenção apenas aos jovens", disse Omar Ali Mohamed, diretor técnico da FDF.

Leia também: Neymar está "95% certo" no PSG e Barcelona já busca substituto; veja os nomes

"Isso não tem a ver com problemas financeiros. É apenas a nova política da federação. Talvez participemos nas próximas competições de sub-15, sub-17 ou sub-20, mas não mais com a seleção principal", finalizou o dirigente.

Nos últimos 40 jogos que a seleção de Djibouti fez, foram nada menos do que 36 derrotas, dois empates e apenas duas vitórias - a última delas em março deste ano, contra o modesto Sudão do Sul, por 2 a 0. O outro triunfo foi há 10 anos, em 2007, 1 a 0 diante da Somália.

O país africano

O Djibuti é um pequeno país localizado do nordeste da África Oriental, limitado a norte pela Eritreia, a leste pelo estreito de Bab el Mandeb, pelo Golfo de Áden e pela Somália, e a sul e oeste pela Etiópia. Suas línguas oficiais são o árabe e o francês.

Leia também: Ex-jogador relata momentos de pânico durante terremoto na Turquia

Sua área total é de apenas 23.200 km² e a população é de aproximadamente 942 mil habitantes, de acordo com o censo de 2016. Esses moradores de Djibouti, porém, não poderão mais acompanhar sua seleção principal de futebol, que foi extinta pela federação do país.

    Leia tudo sobre: Futebol