Tamanho do texto

Brasileiro está na mira do PSG e já teria aceitado a oferta do clube francês, que vai pagar a multa rescisória na totalidade

Neymar e Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona. Jogador pode deixar o clube
Site oficial
Neymar e Josep Maria Bartomeu, presidente do Barcelona. Jogador pode deixar o clube

O Barcelona está disposto a não perder Neymar para o PSG e está fazendo de tudo para o brasileiro a permanecer no clube. Tanto que o presidente Josep Maria Bartomeu se reuniu com o jogador dentro de um avião para convesar e tentar convencê-lo a não aceitar a oferta do clube francês, segundo informações do jornal "Sport".

Leia também: Neymar aceita proposta do PSG e vai deixar o Barcelona nos próximos dias, diz TV

A publicação explicou que o encontro na aeronave aconteceu antes da viagem de Neymar para a pré-temporada do Barça. O "Esporte Interativo" garantiu nesta semana que o brasileiro já está de malas prontas para o time de Paris, que vai pagar a multa de 222 milhões de euros (cerca de R$ 813 milhões).

Leia também: Técnico do Paris Saint-Germain confirma interesse em Neymar: "Top 5 mundial"

Já o jornal "Mundo Deportivo" aposta na continuidade do atleta na Catalunha. Mesma opinião do ex-empresário do jogador, Wagner Ribeiro. 

"Vejo tudo como especulação da imprensa. Ele está no melhor time do mundo. No ano passado, estive com o Nasser (presidente do PSG) e o pai do jogador na Europa e ele optou por renovar com o Barcelona até 2021. Então, agora não teria porque sair. O que está acontecendo é só especulação da janela de transferências", disse Wagner Ribeiro em entrevosta ao "Extra".

Fã diz que ele fica

Nesta semana, um fã relatou breve encontro com o pai de Neymar na praia de Ibiza, na Espanha. Segundo esse torcedor, Neymar Santos teria dito que seu filho não deixa o Barcelona nesta temporada.

Leia também: Ainda sem clube, Ibrahimovic passeia com Ferrari de mais de R$ 4 milhões

"Nós tiramos uma foto com o pai dele quando ele desceu de um barco e a verdade é que se trata de um senhor muito simpático, com um bom papo. Eu disse a ele que o Neymar é o meu ídolo, que é um craque e ele sorriu. E também perguntamos sobre o futuro do Ney. Ele nos disse que o filho ficava no Barça", disse Aarón ao site “Fútbol Pitius”.


    Leia tudo sobre: Futebol