Tamanho do texto

Abdelhak Nouri tem apenas 20 anos de idade e ainda não se sabe se poderá voltar aos gramados

Médicos tentam reanimar Abdelhak Nouri, jogador do Ajax que sofreu uma parada cardíaca
Divulgação
Médicos tentam reanimar Abdelhak Nouri, jogador do Ajax que sofreu uma parada cardíaca

Uma triste notícia pegou o Ajax de surpresa nesta semana. O jovem meio-campista  Abdelhak Nouri , de apenas 20 anos de idade e que sofreu uma parada cardíaca em campo durante o amistoso contra o Werder Bremen, no último sábado, ficou com dano irreversível no cérebro, como revelou o próprio clube.

Leia também: Jogador sofre parada cardíaca dentro de campo, mas consegue sobreviver

Abdelhak Nouri tem apenas 20 anos de idade
SKYSPORTS/REPRODUÇÃO
Abdelhak Nouri tem apenas 20 anos de idade

"Estamos consternados com essa notícia que recebemos, de que Nouri foi diagnosticado com um grave e irreversível dano cerebral. Nossos pensamentos e orações estão com ele e seus familiares neste momento difícil",  disse o Ajax em um comunicado nas redes sociais.

Leia também: Filho de Guerra apresenta melhora e brinca com o pai no hospital; assista



O atleta teve um colapso aos 27 minutos do segundo tempo e ficou caído no gramado, recebendo atendimento médico ainda no local e se recuperando no hospital. Nouri foi reanimado no Lindenstadion, estádio na Áustria onde aconteceu o duelo, e foi levado de helicóptero para receber atendimento médico.

Leia também: Jogador brasileiro se afoga nos EUA, é ressuscitado e internado em estado grave

No mesmo dia ao incidente, o próprio clube holandês informou em suas contas nas redes sociais que o jogador teve seu pulso cardíaco normalizado e que estava fora de perigo. Com essa triste descoberta do dano cerebral, ainda não se sabe se ele poderá voltar a jogar futebol.

Veja o vídeo do momento que o atleta cai no gramado:

Quem é o holandês? 

Abdelhak Nouri estreou no time principal do Ajax em 21 de setembro de 2016, marcando um gol do duelo diante do Willem II, em jogo válido pela Copa da Holanda. Ainda assim, foi no time B do clube de Amsterdã que se destacou, somando 10 gols em 26 jogos na segunda divisão holandesa, na qual foi eleito o melhor jogador em 2016/17, após ajudar o chamado Jong Ajax a terminar num excelente 2º lugar - não podendo subir de divisão, porém, por ser uma equipe B.


    Leia tudo sobre: Futebol