Tamanho do texto

Segundo imprensa italiana, milhares ficaram feridos na confusão, três deles com gravidade. Um menino está internado com traumatismo craniano

Redes sociais mostraram momentos da confusão e do terror em praça de Turim
Reprodução/Twitter
Redes sociais mostraram momentos da confusão e do terror em praça de Turim

A Juventus perdeu para o Real Madrid por 4 a 1 a decisão da Liga dos Campeões  no sábado (3), em Cardiff, no País de Gales. E na Itália, país do time de Buffon e companhia, os torcedores da Velha Senhora viveram momentos de terror em uma grande confusão na praça San Carlo, em Turim. 

Milhares de torcedores da Juventus estavam no local para acompanhar a partida que valia o título da Champions, porém uma grande confusão assustou a todos. Segundo a imprensa italiana, foram ouvidos estrondos e chegarama pensar que se tratava de um ataque a bomba. Isso instalou o desespero no local e os torcedores se empurraram ao tentar sair do local. 

De acordo com informações do jornal Gazzetta dello Sport, o que se viu se parecia com cenas de filmes de terror. Uma testemunha que estava no local conta que haviam muitos feridos e pessoas sangrando, correndo desesperadas e deixando pertences para trás, como bandeiras, cachecol do time e sapatos. Pelas imagens do local é possivel ver vários objetos abandonados no chão e marcas de sangue.

Jornal Gazzetta dello Sport dá detalhes da confusão em praça com torcedores da Juventus
Reprodução/Gazzetta.it
Jornal Gazzetta dello Sport dá detalhes da confusão em praça com torcedores da Juventus

"Me assustou ver as pessoas correrem descalças em meio a cacos de vidros. A coisa que mais me aterrorizou foi a suposta explosão no momento da fuga", disse um torcedor à publicação. 

Leia também: Imagem de treino do Real antes da final da Liga dos Campeões 2017 viraliza

"Conseguimos escapar, tivemos sorte, mas o medo é tanto que ainda agora as pernas tremem. Começamos a correr, pensávamos que era um atentado", falou outro torcedor à agência de notícias italiana Ansa. Ele estava sentado na praça, assistindo ao jogo por um telão, quando viu a multidão correndo e também fugiu do local. 

Segundo a agência, três pessoas seguem internadas em estado grave, entre elas um garoto que teve traumatismo craniano e foi encaminhado para o hospital infantil Regina Margherita. Dados da Província de Turim falam que 1.527 precisaram de atendimento, a maioria com ferimentos leves, como cortes e escoriações.

Foi aberto um inquérito para investigar o que de fato aconteceu. Há duas hipóteses. Uma delas fala que o estrondo da queda de uma escada no estacionamento subterrâneo da praça começou todo o tumulto. Há também quem diga que o corre corre se instalou após o barulho de fogos de artíficio e rojões ser confundido com bombas.  

Leia também: Juventus vende direitos e seu estádio passará a se chamar Allianz Stadium

Volta para casa

Os jogadores da Juventus desembarcaram neste domingo (4) na Itália. Apesar da derrota e do susto com toda a confusão em Turim, torcedores foram recepcionar os atletas no aeroporto Caselle Torinese. Também segundo reportagem do "Gazzetta dello Sport", Aproximadamente 300 fãs se reuniram para agradecer ao time com gritos de "Obrigado, rapazes". De longe, os jogadores retribuiram o carinho da torcida. O goleiro Gianluigi Buffon foi um dos que distribiu acenos. Enquanto isso, os torcedores seguiam incentivando a equipe, gritando também que no ano que vem a Liga dos Campeões será deles  e que nunca vão deixar de apoiar a Velha Senhora. 


    Leia tudo sobre: futebol