Tamanho do texto

As imagens também flagram o momento que o goleiro Fernando Prass é cercado por atletas uruguaios, sendo agredido no rosto

Felipe Melo acerta soco na cara de Mier, meio-campista do Peñarol
Divulgação
Felipe Melo acerta soco na cara de Mier, meio-campista do Peñarol

Um vídeo inédito pela divulgado pela TV Palmeiras mostra o exato momento que a confusão envolvendo jogadores do clube alviverde e do Peñarol começou. As imagens foram gravadas por funcionários palmeirenses que estavam no estádio Campeón del Siglo.

Leia também: Santos, Fla e Atlético-PR também se envolveram em pancadaria com o Peñarol

O vídeo mostra que, antes mesmo do apito final, um jogador do Palmeiras é atingido por um soco dentro da área, após a cobrança de escanteio - tudo indica ser o atacante Willian. Depois que o árbitro terminou o duelo, Felipe Melo é cercado por alguns jogadores do Peñarol e, ali, não reage.

As imagens também flagram o momento que o goleiro Fernando Prass é igualmente cercado por atletas uruguaios, sendo agredido no rosto.

Confira abaixo:

Arquibancadas

A torcida palmeirense presente ao palco do duelo, em sua maioria foramada por integrantes da Mancha Alviverde, se envolveu em brigas com torcedores comuns do Peñarol e até alguns seguranças do estádio. Latas de lixo e outros objetos foram lançados de um lado para o outro e os torcedores tentavam se acertar através das grades de proteção.

Leia também: Futebol ou UFC? Vitória do Palmeiras é marcada por brigas; veja fotos e vídeos

Declaração polêmica de Felipe Melo

A pancadaria aconteceu justamente contra um adversário uruguaio, que ficou marcado pela declaração de Felipe Melo logo em sua apresentação no Palmeiras, quando ele disse que daria “tapa na cara de uruguaio se fosse necessário”. Depois, o camisa 30 voltou atrás na declaração e afirmou que era apenas uma força de expressão.

Leia também: Neymar é o jogador que mais dá dribles no futebol europeu; veja a lista

Outras brigas

Mas essa não é a primeira vez que uma equipe do Brasil se envolve em pancadaria com os aurinegros uruguaios. Além do Palmeiras, Santos, Flamengo, Grêmio e Atlético-PR também protagonizaram cenas lamentáveis em duelos contra o Peñarol, seja na casa do adversário ou aqui em território nacional.

    Leia tudo sobre: Futebol