Tamanho do texto

Pepe fez para o Real, mas Griezmann marcou nos minutos finais e decretou a igualdade no clássico de Madri

Em um tenso clássico madrilhenho realizado no Santiago Bernabéu, o Real Madrid vacilou diante da sua torcida e cedeu o empate por 1 a 1 ao Atlético de Madri nos minutos finais, chegando aos 72 pontos na tabela de classificação, ainda na liderança isolada. A situação só não ficou pior para o time de Zidane porque o vice-líder Barcelona perdeu do Málaga por 2 a 0 e estacionou nos 69 pontos - e, neste duelo, Neymar conheceu sua primeira expulsão com a camisa azul-grená.

Leia também: confira a classificação atualizada e os próximos jogos do Espanhol

Real Madrid e Atlético de Madri empataram no Santiago Bernabéu
Twitter/Reprodução
Real Madrid e Atlético de Madri empataram no Santiago Bernabéu

Vale lembrar que o Real Madrid tem um jogo a menos que o Barça porque o duelo contra o Celta de Vigo válido pela 21ª rodada da competição foi adiado devido ao mau tempo na ocasião. Já o Atlético ocupa a terceira colocação na tabela, com 62 pontos.

O primeiro gol do dérbi foi marcado já no segundo tempo pelo zagueiro luso-brasileiro Pepe, de cabeça, aproveitando assistência do alemão Toni Kroos. O goleiro costarriquenho Keylor Navas foi um dos grandes nomes da partida, fazendo excelentes defesas em ataques perigosos do time comandado pelo argentino Diego Simeone, mas não conseguiu segurar a finallização de Griezmann aos 40 minutos.

Leia também: Polícia da Itália prende envolvidos em cidadania ilegal a jogadores brasileiros

As equipes voltam a campo neste meio de semana em confrontos das quartas de final da Liga dos Campeões, ambos na quarta-feira. O Real Madrid visita o Bayern de Munique, na Allianz Arena, enquanto o Atlético recebe o Leicester, no Vicente Calderón.

O jogo

A partida teve início com o Atlético de Madrid pressionando nos primeiros minutos. A principal chance veio aos três, quando Koke cruzou para a área, Saúl desviou e a bola saiu muito perto da trave esquerda de Navas.

Aos poucos, porém, o Real Madrid começou a ocupar o campo de ataque e criar suas chances. Aos 14, Casemiro roubou a bola no meio-campo e tocou para Cristiano Ronaldo. O português ajeitou para a perna direita e soltou uma bomba para boa defesa de Oblak.

A partida seguiu eletrizante. Aos 26, Saúl teve uma boa chance em chute por cima do gol. Já aos 27, foi a vez de Cristiano Ronaldo chutar para a defesa de Oblak. O lance mais inacreditável, porém, aconteceu na sequência, aos 30. Novamente CR7 recebeu dentro da grande área e finalizou com uma bomba. A bola passou pelo goleiro dos Colchoneros, mas Savic apareceu na hora certa e tocou de cabeça em cima da linha para evitar um gol certo dos merengues.

Pepe fez o gol do Real Madrid no clássico diante do Atlético de Madri
Twitter/Reprodução
Pepe fez o gol do Real Madrid no clássico diante do Atlético de Madri

No segundo tempo, o Real Madrid voltou exercendo grande pressão. Com um minuto, Cristiano Ronaldo cabeceou tirando tinta da trave do Atlético de Madri. Já aos dois, foi a vez de Benzema finalizar para boa defesa de Oblak.

De tanto pressionar, os anfitriões chegaram ao gol aos seis minutos, quando Kroos cobrou falta com perfeição e colocou a bola na cabeça de Pepe - o luso-brasileiro cabeceou e mandou no canto, sem chances de defesa para Oblak, abrindo o placar no Santiago Bernabéu.

Leia também: CBF implementa registro de contrato de treinadores, que terão benefícios

Após o gol, aos nove, o Real Madrid ainda teve uma boa chance para ampliar, em chute por cima do gol de Carvajal. No entanto, nos minutos seguintes, o Atlético de Madri teve o domínio das ações, mas sem criar oportunidades claras para marcar.

Quando o duelo se caminhava para o fim, Griezmann apareceu para empatar, aos 40 minutos. Após erro de passe do Real, o Atlético saiu rápido para o ataque com Correa, que recebeu a bola na entrada da área e tocou para o francês, que chegou batendo de primeira e balançou as redes para deixar tudo igual no Santiago Bernabéu.

    Leia tudo sobre: Futebol