Tamanho do texto

O treinador do Manchester United descartou qualquer possibilidade de trazer o jogador brasileiro para a Inglaterra

José Mourinho, treinador do Manchester United
Divulgação
José Mourinho, treinador do Manchester United

O Manchester United não tentou e nem tentará contratar Neymar. E quem assegura isso, é o português José Mourinho. O treinador colocou um fim na suposta contratação e negou qualquer tipo de negociação com o brasileiro. "É mesmo uma especulação", disse em entrevista à ESPN Brasil.

LEIA TAMBÉM: Neymar fez comemoração diferente após gol no Uruguai. Você sabe o que significa?

"Procuro sempre ser objetivo e pragmático com os clubes e pedir aos clubes aquilo que me pode ser dado. Pedir Neymar é absurdo. Não vamos arrombar o cofre. Parece-me impossível", completou Mourinho .

O português ainda defende que o clube catalão não perderia um craque como Neymar, já que em breve, ele será o protagonista da equipe. "Um clube como o Barcelona nem pode e nem vai perder o Neymar. Apesar de Messi ser ainda um jovem jogador com alguns anos pela frente, já está quase nos 30 e Neymar vai ser o grande jogador do Barcelona pós-Messi", assegurou.

LEIA TAMBÉM: Neymar compraria Coutinho e Lucas; veja os 20 brasileiros mais valiosos do mundo

Seleção brasileira

José Mourinho sempre deixou claro sua empatia com a seleção do Brasil. Questionado sobre uma possível oportunidade de treinar os canarinhos, o português afirmou ser uma difícil missão e disse ser um trabalho para brasileiros.

"Acho que depois do Manchester United eu preciso de um trabalho mais fácil... E treinar a seleção brasileira deve ser mais difícil. Obviamente seria apaixonante, qualquer treinador quer trabalhar com os melhores clubes e com as melhor seleções. A seleção brasileira obviamente é líder de sucesso, obviamente com o talento, não interessa qual seja a geração, talento aparece sempre", afirmou o técnico do Old Trafford.

LEIA TAMBÉM: Você sabe quem são os jogadores mais velhos a marcar por suas seleções?

"Tenho que confessar que deve ser difícil, em cada brasileiro há um treinador, em cada jornalista há um treinador melhor do que o treinador. Acho que deve ser um país difícil para trabalhar, mas também apaixonante. E eu como sempre tive trabalhos difíceis, de grandes níveis de exigência, se calhar sim, treinaria o Brasil, mas reconheço que a seleção brasileira é para treinador brasileiro", completou Mourinho.