Tamanho do texto

Clube gaúcho alega que o registro do zagueiro do ano passado realizado no Vitória foi feito de maneira irregular

O caso Victor Ramos ganhou um novo capítulo nesta quinta-feira, colocando o Internacional em uma situação bem delicada. O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) revelou que a perícia feita no processo comprovou falsificação nos e-mails do clube gaúcho, que pede punição ao Vitória por conta da suposta escalação irregular do zagueiro.

Leia também: STJD arquiva caso de Victor Ramos, mas Internacional irá recorrer

O ex-presidente colorado Vitorio Piffero e o atual vice-jurídico Gustavo Juchem não compareceram ao tribunal para o andamento do caso Victor Ramos alegando problema de saúde e compromissos profissionais, respectivamente.

Caso Victor Ramos: Inter quer tirar pontos do Vitória
Site oficial
Caso Victor Ramos: Inter quer tirar pontos do Vitória

"As oitivas foram agendadas para a data de hoje após Mauro Marcelo ter finalizado a parte investigativa do inquérito e recebido os laudos/pareceres elaborados por peritos de São Paulo e Rio de Janeiro, que comprovaram a falsificação de parte dos e-mails inseridos em processos de interesse do Inter, tais como adulterações de: forma e conteúdo, subtração de palavras, textos, nomes e frases, além de inserção indevida de palavras, letras e assinaturas, modificações essas de conteúdo capazes de descaracterizar o seu sentido original", disse o cumunicado oficial do STJD.

Entenda o caso

O Internacional alega que o registro de Victor Ramos no ano passado foi feito de maneira irregular em função de o empréstimo do atleta do Monterrey, do México, para o Vitória ter sido realizado nos moldes de uma transferência nacional, sendo que o Certificado de Transferência Internacional (ITC, na sigla em inglês) ainda se encontrava no Brasil – o zagueiro defendeu o Palmeiras antes de seguir ao time rubro-negro.

Leia também: Busto de Cristiano Ronaldo em aeroporto vira piada na internet; veja memes

Vislumbrando a possibilidade de tirar pontos do Vitória, com quem brigava contra o rebaixamento na última edição do Campeonato Brasileiro, a direção do Inter trouxe o caso à tona. Então, o clube apresentou ao STJD um documento no qual apontava os erros jurídicos na transferência de Victor Ramos, incluindo essa troca de e-mails.

Leia também: "Ele é um ursinho de pelúcia", diz Maradona sobre Lionel Messi

O Inter ainda tem a esperança de que o caso Victor Ramos seja julgado a seu favor, retirando pontos do clube baiano nas 26 partidas em que o defensor atuou no Campeonato Brasileiro. A procuradoria do Tribunal já ouviu os dois lados, além da CBF, e havia chegado à conclusão de que o jogador poderia ser escalado normalmente, já que não havia irregularidade. O caso, no entanto, foi reaberto.

    Leia tudo sobre: Futebol