Tamanho do texto

Equipe venceu o Vaticano Anselmiano por 3 a 0, com dois gols do congolês Mutombo e um de Fukimuasi

Chape Cusmano Belga é um time do Vaticano criado em homenagem à Chapecoense
Divulgação
Chape Cusmano Belga é um time do Vaticano criado em homenagem à Chapecoense

 Apesar de já estar eliminada da 11ª edição da Clericus Cup, o time religioso do Chape Cusmano Belga, criado em homenagem ao clube catarinense da Chapecoense, venceu sua última partida na "Copa do Mundo" da Igreja Católica neste domingo, disputada anualmente no Vaticano.

Leia também: Clube da 1ª divisão da Escócia fatura com os vivos e também com os mortos

A equipe venceu o Vaticano Anselmiano por 3 a 0, com dois gols do atacante congolês Mutombo e um de Fukimuasi. "Foi uma bonita vitória para fechar o melhor torneio e honrar a memória de todos os que morreram no lamentável acidente da Chape ", disse o padre brasileiro Adenis de Oliveira, técnico da equipe.

Leia também: De férias no Rio, jogador argentino é espancado até a morte; clube lamenta

Em 29 de novembro do ano passado, 71 pessoas - incluindo a maior parte dos jogadores, toda a comissão técnica e dirigentes - morreram na queda do avião que levava o clube catarinense ao primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana na Colômbia. Apenas seis sobreviveram, incluindo os jogadores Alan Ruschel, Neto e Jackson Follmann.

Além do time do Vaticano que homenageava a Chape, uma outra equipe formada por religiosos brasileiros vem sendo a sensação do torneio: o Colégio Pio Brasileiro se classificou para as quartas de final com uma rodada de antecedência.

Leia também: Maicon imitou galinha para provocar rival; veja comemorações polêmicas

A próxima rodada da competição ocorre no dia 6 de maio, enquanto as semifinais acontece uma semana depois e a final está agendada para o dia 27 de maio deste ano. A Clericus Cup reúne 372 jogadores de 66 nacionalidades diferentes em 18 times.

Veja fotos da Clericus Cup de 2015:

Confira as escalações

Vaticano Anselmiano (4-3-3): Giambruno; Tobler (Lourdusamy), Tola Claux, Barbizi, Sarr; Anthony Nguyen (Tran), Etaix, Pham (De Freitas); Phan (Marrocu), Hoang, Paolo Nguyen. Técnico: De Freitas.

Chape Cusmano Belga (4-3-3): Scapini; Milolo, De Oliveira, Hoyola Garcia (Bosh), Fukimuasi; Kiyombo, Aurelio (Habimana), Riyazimana (Ostrozanski); Catanese, Mutombo Ntumba, Rivera Cuadrado. Técnico: Allenatore: Paoloni. 

    Leia tudo sobre: Futebol