Tamanho do texto

Jornal italiano montou um time de 11 jogadores só de reservas e dois brasileiros que não vivem grande fase foram escolhidos

O jornal italiano "La Gazzetta dello Sport" montou um time de 11 jogadores com os reservas mais caros do mundo e dois brasileiros estão na lista: Gabriel Barbosa, o Gabigol, da Inter de Milão, e Gerson, da Roma. Todos os atletas citados atuaram menos do que 500 minutos desde que foram contratados pelos respectivos clubes.

Leia também: Em cinco meses, Manchester City violou três regras antidoping, diz jornal

"Gabriel Barbosa chegou ao Inter com uma carga enorme de expectativas. Seu valor de mercado é aproximadamente 20 milhões de euros (R$ 67 milhões), mas só ficou em campo por 81 minutos e marcou apenas um gol. Contratação ainda misteriosa", diz a publicação sobre um dos brasileiros , campeão olímpico com a seleção nos Jogos Rio 2016. 

Gabigol, da Inter de Milão, é um dos brasileiros na lista de reservas mais caros do mundo
Reprodução
Gabigol, da Inter de Milão, é um dos brasileiros na lista de reservas mais caros do mundo

Sobre o meia Gerson, de 20 anos, revelado pelo Fluminense, o jornal disse que a situação é parecida. "Situação semelhante é a de Gerson, da Roma. Seu valor de mercado é estimado em 10 milhões de euros (aproximadamente R$ 33 milhões, na cotação atual). No entanto, ficou apenas 130 minutos em campo no Campeonato Italiano".

Leia também: Neymar fez comemoração diferente após gol no Uruguai. Você sabe o que significa?

Além dos dois brasileiros, o time completo dos reservas mais caros do mundo conta com outro jogador que atua no futebol italiano, o croata Marko Pjaca, meia-atacante da Juventus. Cinco atletas estão na Inglaterra, um em Portugal e outro na Alemanha.

Gerson, da Roma, é outro brasileiro na lista
Reprodução
Gerson, da Roma, é outro brasileiro na lista

Veja abaixo a equipe completa

Jasper Cillessen - Barcelona (Espanha)
Kevin Wimmer - Tottenham (Inglaterra)
Kurt Zouma - Chelsea (Inglaterra)
Alberto Moreno - Liverpool (Inglaterra)
Ruben Neves - Porto (Portugal)
Renato Sanches - Bayern de Munique (Alemanha)
Gabigol - Inter de Milão (Itália)
Gerson - Roma (Itália)
Marko Pjaca - Juventus (Itália)
Michy Batshyayi - Chelsea (Inglaterra)
Lucas Pérez - Arsenal (Inglaterra)

Leia também: Príncipe nigeriano é eleito o melhor jogador jovem da Europa

Os brasileiros realmente não vivem grande fase. Gabigol foi contratado após demonstrar ser um bom jogador quando atuava pelo Santos, com gols decisivos contra todos os rivais, por exemplo. Mas desde que chegou, o canhoto participou de oito jogos e fez apenas um gol em um total de 154 minutos em campo. Gerson também não tem tido oportunidades de apresentar seu futebol, mas, ao contrário de Gabigol, atuou mais vezes como titular e foi defendido pelos companheiros.

    Leia tudo sobre: futebol