Tamanho do texto

Atacante deixou o Goiás após uma briga no treinamento e chegou ao rival Atlético-GO, que vai disputar a Série A do Brasileirão em 2017

Walter chegou ao Atlético-GO para temporada 2017
Site oficial
Walter chegou ao Atlético-GO para temporada 2017

Não é novidade para ninguém que o atacante Walter sempre teve problemas com o peso. Isso desde os tempos de Porto, passando também por Goiás, Atlético-PR e Fluminense. Agora vestindo a camisa do Atlético-GO, o centroavante disse que, se não fosse gordinho, certamente seria chamado por Tite na seleção brasileira.

Leia também: Walter chama árbitro de palhaço e revela piada: "Ele disse para eu emagrecer"

"Eu magro, 100% bem, tenho chance de seleção brasileira. O que me atrapalha é o peso. Dizem que o Walter está bem, mas sempre tem o peso, está acima. Eu penso nisso, mas é muito difícil", disse o jogador em entrevista ao "Sportv".

Leia também: Maioria dos clubes do Brasileirão começa temporada com jovens técnicos

Consciente de que sua forma física não é a ideal para um jogador de futebol, ele lembrou que foi o destaque do Campeonato Brasileiro mesmo acima do peso. "Minha vida foi sempre difícil. E eu gosto de comer. Não bebo, mas Deus é tão bom que tenho controle maior. Gostava de comer lanche, bolacha recheada e isso eu não como mais. Refrigerante eu cortei. Mas quem sofre com o peso, sabe como é, é muito difícil. Falaram que estava com 106kg. Mas fui o melhor do Brasileiro com 106kg e ninguém falava nada".

Briga e rescisão com o Goiás

Walter havia chegado ao Goiás no ano passado e, em fevereiro deste ano, se envolveu em uma briga com o goleiro Matheus no treinamento . O fato fez com que a diretoria do clube esmeraldine decidisse pela rescisão de contrato com o jogador, que demonstrou uma certa mágoa com sua dispensa.

Walter no Atlético-GO
Divulgação
Walter no Atlético-GO

"O que fiquei mais chateado foi que ele falou que bati por querer, não pedi desculpas e que batia de novo. O Goiás aproveitou que o Léo Gamalho estava bem e que eu, naquele momento, estava mal, mas o clube pensou pequeno. O campeonato é longo. O Léo Gamalho está machucado agora, vai ficar um mês fora. Precisa de um grupo grande", avaliou.

Walter foi apresentado recentemente no Atlético-GO e será um dos principais nomes do clube, atual campeão da Série B e que vai disputar a elite do Brasileirão mais uma vez em 2017.

    Leia tudo sobre: Futebol