Tamanho do texto

De acordo com o "Mundo Deportivo", auxiliar do atual comandante e outros três técnicos estão entre os cotados pela diretoria para assumir o time

O técnico Luis Enrique anunciou recentemente que não seguirá à frente do Barcelona a partir da próxima temporada e, desde então, o clube catalão busca um novo comandante. Dentre muitas opções, o jornal "Mundo Deportivo", nesta quarta-feira, revelou quais são as principais opções.

Leia também: Dybala pode deixar Juventus para jogar no futebol espanhol, diz jornal

De acordo com a publicação, quatro treinadores podem assumir o Barcelona a partir de junho, são eles: Ernesto Valverde, do espanhol Athletic de Bilbao, Eusebio Sacristán, do também espanhol Real Sociedad, Ronald Koeman, do inglês Everton, e Juan Carlos Unzué, auxiliar técnico do próprio clube.

Juan Carlos Unzué, à direita, é o atual auxiliar técnico de Luis Enrique no Barcelona e um dos nomes cotados
Reprodução
Juan Carlos Unzué, à direita, é o atual auxiliar técnico de Luis Enrique no Barcelona e um dos nomes cotados

O filtro para a lista final teria saído após diversos contatos e sondagens e conversas internas entre os diretores do Barça. A preocupação da cúpula catalã é para que o próximo comandante mantenha a filosofia de jogo do clube e possa 'cuidar' da reta final das carreiras de Iniesta e Mascherano, além de saber lidar com ídolos como Lionel Messi Luiz Suárez e Gerard Piqué.

Leia também: O drama de Ferdinand após morte da esposa: suicídio, álcool, acidente e pânico

Por este motivo, o atual auxiliar, Unzué, pode ser o favorito entre os quatro, já que ele trabalha atualmente com o elenco e conhece os jogadores. Um título do Campeonato Espanhol ou até mesmo da Liga dos Campeões daria mais chance para que ele seja promovido e dê continuidade ao atual trabalho.

Segundo o jornal, o técnico que tem menos chances é Eusebio Sacristán, do Real Sociedad. Apesar do estilo de jogo implantado em seu atual clube impressioar, ele renovou o contrato há pouco tempo e tem uma cláusula de 5 milhões de euros, aproximadamente R$ 16 milhões e foi demitido do Barça B em 2015.

Corre por fora

Os outros dois, Valverde e Koeman já trabalharam no clube nos tempos de Cruyff, por conhecer bem o Campeonato Espanhol, o técnico do Athletic de Bilbao pode levar vantagem, fora isso, o seu vínculo com o clube do País Basco está no fim.

Leia também: Nove jogadores brasileiros da seleção de Timor-Leste têm passaportes anulados

Diante de várias opções, a decisão da diretoria do Barcelona sobre o novo técnico deve ser tomada até o final de abril, mas o anúncio oficial, somente depois da temporada. Os resultados de Luis Enrique podem ter um grande peso para a escolha do novo treinador do time azul grená.

    Leia tudo sobre: Futebol